segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Confira os 49 deputados eleitos em 2018 para o próximo quadriênio

0 comentários

O PSB conquistou 11 das 49 vagas da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), e por mais uma vez, tornou-se o partido com mais cadeiras no Legislativo pernambucano, a partir de 2019. Em segundo lugar vem o PP, que elegeu dez deputados.

Nas Eleições 2014, o PSB já havia sido o partido com o maior número de parlamentares, mas, apesar de repetir o feito, a legenda conseguiu quatro vagas a menos que naquele ano, uma diminuição de 26,66%. No referido ano, o PP havia eleito quatro deputados, obtendo um acréscimo de 150% no número de cadeiras ocupadas na Alepe.

O PSC foi o terceiro partido com o maior número de deputados eleitos, seguido pelo PT, DEM e PSD, que tiveram três vagas, cada. O PR e o PTB vêm em seguida, cada um com dois deputados. PCdoB, PSOL, SD, PSDB, PRTB, Avante, PRB, MDB, PDT e PHS elegeram um deputado cada.

Os deputados estaduais Silvio Costa Filho e o Bispo Osessio, ambos do PRB, obtiveram sucesso em suas campanhas e se elegeram deputados federais.

Os três deputados melhor colocados foram a delegada Gleide Angelo PSB), com 412.636 votos (9,15% do total do estado); pastor Cleiton Collins (PP), com 106.394 (2,36% dos votos no estado) e Guilherme Uchoa Jr. (PSC), com 71.898 (1,59% do total estadual).

Dos 49 novos deputados, 25 foram reeleitos, ao final do pleito. Outros 24 iniciarão um novo mandato.

Veja a lista de deputados em Pernambuco por ordem de número de votos (em negrito os reeleitos):

Delegada Gleide Angelo (PSB) - 412.636
Pastor Cleiton Collins (PP) - 106.394
Guilherme Uchoa Jr. (PSC) - 71.898
Doriel Barros (PT) - 66.990
Rodrigo Novaes (PSD) - 65.869
Clodoaldo Magalhaes (PSB) - 65.750
Aglailson Victor (PSB) - 64.763
Lucas Ramos (PSB) - 62.968
Adalto Santos (PSB) - 60.084
Simone Santana (PSB) - 56.583
Joaquim Lira (PSD) - 56.336
Manoel Ferreira (PSC) - 51.885
Clarissa Tércio (PSC) - 50.789
Francismar (PSB) - 50.577
Diogo Moraes (PSB) - 50.188
Gustavo Gouveia (DEM) - 50.058
Tony Gel (MDB) - 49.133
William Brígido (PRB) - 46.759
Joel Da Harpa (PP) - 46.524
Claudiano Filho (PP) - 46.314
Priscila Krause (DEM) - 46.123
Alessandra Vieira (PSDB) - 45.115
Antônio Coelho (DEM) - 44.277
Alberto Feitosa (Solidariedade) - 42.303
Fabiola Cabral (PP) - 41.857
Rogério Leão (PR) - 40.307
Juntas (PSOL) - 39.175
Waldemar Borges (PSB) - 39.031
Álvaro Porto (PTB) - 38.712
Clovis Paiva (PP) - 37.403
Antonio Moraes (PP) - 37.389
Eriberto Medeiros (PP) - 36.580
Henrique Queiroz Filho (PR) - 35.671
Isaltino (PSB) - 35.218
Romero Sales Filho (PTB) - 35.195
Zé Queiroz (PDT) - 32.740
Teresa Leitão (PT) - 31.530
João Paulo (Pcdob) - 29.442
Romero (PP) - 29.262
Delegado Lessa (PP) - 29.128
Roberta Arraes (PP) - 28.649
Antonio Fernando (PSC) - 27.605
Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB) - 26.783
Romario Dias (PSD) - 26.392
Wanderson Florêncio (PSC) - 24.971
João Paulo Costa (Avante) - 24.789
Aluisio Lessa (PSB) - 23.344
Dulcicleide Amorim (PT) - 22.359
Fabrizio Ferraz (PHS) - 17.729

Continue lendo

sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Carreata sinaliza grande Vitória de Eduardo da Fonte, Henrique Filho e Paulo Câmara, em Passira

0 comentários


Se destacando no Agreste como grande liderança do atual governador Paulo Câmara-PSB, a prefeita de Passira, Agreste de Pernambuco, reuniu lideranças, vereadores e simpatizantes em uma mega carreata que defendeu as candidaturas de Eduardo da Fonte-PP (Federal), Henrique Filho-PR (Estadual) e Paulo Câmara-PSB (Candidato a reeleição ao Governo do Estado).

Com enorme demonstração de apoio e crescente vantagem nas pesquisas eleitorais, Paulo deverá ser vitorioso em primeiro turno, por tabela a Prefeita Renya comandará a majoritária absoluta nas eleições de 7 de outubro na Terra dos Bordados.
Continue lendo

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Saiba quais regras devem ser cumpridas no dia da eleição

0 comentários

No próximo domingo (7), 147,3 milhões de pessoas vão escolher através de voto seis novos representantes da política. Existem algumas regras que deverão ser cumpridas no dia da eleição. Propaganda eleitoral e manifestação que caracterize boca de urna estão proibidas, assim como aglomerações, distribuição de impressos e volantes, e uso de alto-falantes e amplificadores de som.

Caminhadas, carreatas e passeatas poderão ser realizadas até 22 horas do dia que antecede a eleição (6). "O eleitor não pode ser influenciado no momento do voto", diz a jornalista especializada em eleições e colunista da Folha de S.Paulo, Eliana Passarelli. Por outro lado, a manifestação silenciosa e individual é válida, como por exemplo, o uso de broches, bottons e adesivos. Camiseta e boné são aceitos se não fizerem parte de material distribuído por partidos.

"É melhor evitar o uso deste tipo de vestimenta no dia da eleição", reforça. Quem presenciar a ocorrência de alguma das proibições deverá acionar imediatamente o juiz eleitoral da zona onde o fato ocorreu.

O presidente da mesa receptora de votos é autoridade máxima dentro da seção eleitoral. Só o juiz eleitoral ou alguém designado por ele está acima do presidente. "O que não estiver claro na legislação é o presidente da mesa quem vai decidir, porque compete a ele o bom desempenho dos trabalhos dentro da seção", explica.

A famosa "colinha" é essencial no momento do voto. "Esta eleição será a mais difícil e complexa, do ponto de vista do desempenho do eleitor na urna eletrônica, porque serão cinco cargos e seis escolhas. Recomendo sair de casa com a colinha pronta para evitar pressões, atrasos e problemas na hora do voto. Não entre na seção eleitoral sem os números dos candidatos", aconselha a especialista.

Para Eliana Passarelli, preparar a colinha antecipadamente minimiza a possibilidade de boca de urna, além de permitir a procura pelas informações dos candidatos. "Quem faz boca de urna conta com a indecisão das pessoas que ainda não definiram seus votos", completa. 

Eliana chama a atenção para duas situações. "Se você entrar na urna e não votar poderá ser desabilitado e retornar mais tarde. Se o eleitor começou a votar e não terminar, largando a urna aberta, os votos não realizados serão anulados automaticamente", orienta.

USO DE CELULAR

Selfie não! Celulares, máquinas fotográficas, filmadoras ou qualquer outro aparelho que prejudique o sigilo do voto estão vetados. Eleitores com biometria e e-Título precisam do celular para a conferência dos mesários.

No momento do voto, o celular poderá ficar sobre a mesa receptora de votos ou local escolhido pelo eleitor, conforme está previsto em lei. Se a estrutura da sala permitir, os mesários poderão colocar um móvel dentro do campo de visão do eleitor, caso ele prefira. 

Você pode contribuir com o processo eleitoral. O documento de identificação com foto é obrigatório para quem não possui biometria. É recomendável, também, conferir a seção eleitoral e prestar atenção ao assinar o caderno de votação para não ocupar o espaço de outra pessoa. 

PENALIDADES

No caso de prisão em flagrante delito por crime eleitoral, o eleitor será encaminhado à sede da Polícia Federal, que vai instaurar um inquérito policial eleitoral para apurar o caso em até dez dias. 

Na falta de órgãos da polícia federal, o eleitor será levado à delegacia comum, segundo explica o professor de direito Marcelo Reina Filho. Se o indiciado estiver solto, o inquérito policial eleitoral será concluído em até 30 dias, mediante fiança ou sem ela.

As penalidades para crimes eleitorais vão de pagamento de multa, que pode variar entre 5 mil e 15 mil UFIR, à detenção de seis meses a um ano com a alternativa de prestação de serviços à comunidade pelo mesmo período. "A legislação eleitoral tem como finalidade garantir a legitimidade da eleição e do voto", lembra Marcelo Reina.
Este ano o primeiro turno das eleições será em 7 de outubro e o segundo, se houver no dia 28 do mesmo mês.

Continue lendo

terça-feira, 2 de outubro de 2018

COMUEPE: Evento Científico abre alta temporada no Litoral Sul de Pernambuco

0 comentários


A cidade de Tamandaré, Litoral Sul do estado, palco de belíssimas praias, foi escolhida para sediar o I Congresso Multiprofissional em Urgência e Emergência de Pernambuco. Tamandaré e Pernambuco recebem pela primeira vez um evento deste porte que já conta com inscritos de diversos municípios distribuídos em 7 estados da federação. Além de propiciar atualização e troca de conhecimento, o evento possibilitara publicações em Anais dos trabalhos submetidos, avaliados e aprovados. Serão dois dias de intenso processo acadêmico contando com mais de 10 profissionais da área da saúde, 30 monitores, palestras, mesas, minicursos, exposição de trabalhos científicos e luau de confraternização.

Para presentear os melhores trabalhos serão disponibilizadas 10 bolsas de 50% em pós-graduação, ofertadas pela Faculdade Novo Horizonte e FAJOLCA.

Empresários vislumbram aquecer a economia local com a procura constante de todos os seguimentos de hospedagem.

Para participar os interessados deverão formalizar a inscrição através do site: www.even3.com.br/comuepe

Confira alguns dos palestrantes confirmados:








Continue lendo

Ibope confirma Paulo Câmara governador eleito em primeiro turno

0 comentários


O governador Paulo Câmara (PSB), candidato à reeleição, subiu quatro pontos percentuais e chegou a 39% das intenções de voto (eram 35% na semana passada) na pesquisa realizada pelo Ibope, em parceria com o Jornal do Commercio e a TV Globo, divulgada nesta terça-feira (2). O crescimento foi acima da margem de erro, que é de três pontos percentuais, e o socialista ampliou a vantagem em relação ao senador Armando Monteiro Neto (PTB), seu principal adversário, para 12 pontos percentuais. O petebista manteve os mesmos 27% que tinha no levantamento anterior, divulgado no dia 27 de setembro.

Julio Lossio (Rede) manteve 3%. Maurício Rands (Pros) oscilou de 2% para 3%. Dani Portela (PSOL) foi de 1% para 2%.

Ana Patrícia Alves (PCO) e Simone Fontana (PSTU) permaneceram com 1% das intenções de voto.

Brancos e nulos caíram de 23% para 15%. Os que não sabem ou não responderam oscilaram de 7% para 8%.

2º turno

Em um eventual segundo turno, Paulo Câmara manteve 43% e Armando Monteiro, 34%. Brancos e nulos oscilaram de 18% para 17% e os que não sabem ou não responderam se mantiveram em 6%.
Rejeição

A rejeição a Paulo Câmara, como candidato, foi de 32% para 34%. Os que afirmaram não votar em Armando Monteiro de jeito nenhum eram 29% e oscilaram para 30%.

Dani Portela tinha rejeição de 22% e agora de 21%. Os que responderam que não votariam em Lossio passaram de 25% para 20%.

A rejeição a Ana Patrícia e a Simone Fontana caiu de 22% para 18%. A Rands, de 21% para 17%.

Os que afirmaram que votariam em todos os candidatos se mantiveram em 4%. A soma dos que não sabem ou não responderam oscilou de 15% para 16%.
Pesquisa JC/Ibope/TV Globo

O Ibope entrevistou 1.512 eleitores de 67 municípios entre os dias 29 de setembro e 1º de outubro. A margem de erro é de três pontos percentuais. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) com o número 04128/2018.
Continue lendo

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

TRE de Passira suspende ato "Todos Unidos Contra Bolsonaro"

0 comentários


Com evento de distribuição de adesivos referente a campanha do presidenciável Jair Bolsonaro marcado e protocolado para este sábado (29), às 8:00 horas, na cidade de Passira, Agreste de Pernambuco, o Juiz Eleitoral do município, o Sr Cristiano Henrique de Freitas Araújo, suspendeu a realização do ato denominado "Todos Unidos Contra Bolsonaro", evento que foi amplamente divulgado nas redes sociais contra o presidenciável.

Segundo despacho, o juiz reforça que o evento anti-Bolsonaro fora marcado no mesmo local e horário que o evento pró-bolsonaro.

Ainda sobre a decisão o juiz relata:

"É por demais sabido, que uma das garantias constitucionais, é a de livre manifestação pública, porém o evento acima mencionado "Todos Unidos Contra Bolsonaro", não comunicou a autoridade policial, tampouco ao cartório eleitoral.

Observamos que o horário indicado no cartaz de divulgação "Todos Unidos Contra Bolsonaro", coincide com horário e local destinado a manifestação de entrega de adesivos alusivos a campanha do candidato Jair Bolsonaro."

Logo, o evento em defesa da candidatura do militar, já marcado e protocolado com antecedência, ocorrerá normalmente às 8 horas da manhã na Praça Severino Ferreira. Esta é a primeira decisão do Juíz Eleitoral de Passira com vistas às eleições de 2018.

Confira abaixo a decisão do juíz eleitoral:


Continue lendo

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

CNI/Ibope mostra Bolsonaro com 27% e Haddad com 21%, Ciro aparece com 12%

0 comentários


A pesquisa realizada pelo Ibope para a Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgada nesta quarta-feira (26), mostra que Jair Bolsonaro (PSL) estagnou no patamar de 27% das intenções de voto. Ainda assim, ele continua na liderança pela corrida presidencial. O candidato do PT, Fernando Haddad também oscilou um ponto para baixo e chegou a 21%. 

Ciro Gomes (PDT) continua em terceiro lugar, com 12%, e é seguido por Geraldo Alckmin (PSDB), que obteve 8%, e Marina Silva (Rede), teve 6%.

João Amoêdo, do Partido Novo, aparece com 3%, seguido por Alvaro Dias (Podemos) e Henrique Meirelles (MDB), ambos com 2%. Guilherme Boulos (PSOL) tem 1% das intenções de voto. Brancos e nulos são 11% e 7% não sabem ou não responderam. 

Na última pesquisa realizada pelo Ibope para o Estado e a TV Globo, divulgada na segunda, 24, Bolsonaro teve 28% das intenções de voto e Haddad, 22%. 

Jair Bolsonaro (PSL) – 27%
Fernando Haddad (PT) – 21%
Ciro Gomes (PDT) – 12%
Geraldo Alckmin (PSDB) – 8%
Marina Silva (Rede) – 6%
João Amoêdo (Novo) – 3%
Henrique Meirelles (MDB) – 2%
Alvaro Dias (Podemos) – 2%
Guilherme Boulos (PSOL) – 1%
Brancos, nulos e indecisos – 18%
Continue lendo

terça-feira, 11 de setembro de 2018

Pesquisa Ibope: Bolsonaro, 26%; Ciro, 11%; Marina, 9%; Alckmin, 9%; Haddad, 8%

0 comentários


O Ibope divulgou nesta terça-feira (11) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. Os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 26%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Marina Silva (Rede): 9%
Geraldo Alckmin (PSDB): 9%
Fernando Haddad (PT): 8%
Alvaro Dias (Podemos): 3%
João Amoêdo (Novo): 3%
Henrique Meirelles (MDB): 3%
Vera (PSTU): 1%
Cabo Daciolo (Patriota): 1%
Guilherme Boulos (PSOL): 0%
João Goulart Filho (PPL): %
Eymael (DC): 0%
Branco/nulos: 19%
Não sabe/não respondeu: 7%

Simulações de 2º turno

Ciro 40% x 37% Bolsonaro (branco/nulo: 18%; não sabe/não respondeu: 4%)
Alckmin 38% x 37% Bolsonaro (branco/nulo: 21%; não sabe/não respondeu: 4%)
Bolsonaro 38% x 38% Marina (branco/nulo: 20%; não sabe/não respondeu: 4%)
Haddad 36% x 40% Bolsonaro (branco/nulo: 19%; não sabe/não respondeu: 5%)

Rejeição

O Ibope também mediu a taxa de rejeição (candidatos nos quais o eleitor diz que não votará de jeito nenhum). Nesse item, os entrevistados puderam escolher mais de um nome. Veja os índices:

Bolsonaro: 41%
Marina: 24%
Haddad: 23%
Alckmin: 19%
Ciro: 17%
Meirelles: 11'%
Cabo Daciolo: 11%
Eymael: 11%
Boulos: 11%
Vera: 11%
Amoêdo: 10%
Alvaro Dias: 9%
João Goulart Filho: 8%
Poderia votar em todos: 2%
Não sabe/não respondeu: 11%

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
Entrevistados: 2.002 eleitores em municípios
Quando a pesquisa foi feita: de 8 a 10 de setembro
Registro no TSE: BR-05221/2018
Nível de confiança: 95%
Contratante da pesquisa: Ibope Inteligência


Com informações do G1
Continue lendo

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Em convenção, Marília Arraes diz que sua candidatura é resgate da esquerda

0 comentários


Uma jovem Marília Arraes, de megafone em punho, teve várias vezes o seu discurso interrompido por aplausos que fez antes do início da votação dos 300 delegados que decidirão o futuro da sua candidatura ao Governo de Pernambuco, no encontro estadual do PT, que está sendo realizado na tarde desta quinta-feira (2), no Recife Praia Hotel, no Pina, Zona Sul do Recife. 

Ao chegar ao local, o senador Humberto Costa (PT-PE) foi recebido aos gritos de "golpista". No local, placas de apoio à candidatura trazem textos como "Sem Marília, sem militância".

Ao microfone, a vereadora do Recife argumentou que "o que está em jogo agora não é simplesmente uma convenção ou um apoio, é o convenção de um campo político num dos momentos mais complicados da história recente da política brasileira". Marília disse também que sua candidatura "é uma necessidade de resgatar a esquerda para o protagonismo político de Pernambuco — e não uma falsa esquerda que vira para o lado da direita quando é oportuno e, quando é melhor, volta para a esquerda, como se nada tivesse acontecido".

Com Informações do Blog da Folha
Continue lendo

Humberto Costa é vaiado e chamado de golpista em encontro do PT de Pernambuco

0 comentários


Defensor da aliança com o PSB que rifou Marília Arraes da disputa ao Governo de Pernambuco, o senador Humberto Costa foi recebido com algumas vaias no encontro de delegados do partido realizado no Recife na tarde desta quinta-feira (2). O parlamentar entrou em uma sala e, ao sair para dar entrevista, um grupo de apoiadores de Marília se reuniu para protestar contra ele, com gritos de “golpista”.

Outro defensor da aliança, o segundo vice-presidente do PT de Pernambuco, Oscar Barreto, também foi alvo de manifestações. Apoiadores da candidatura de Marília Arraes gritavam para que ele pedisse a desfiliação do partido. Houve um bate-boca.

Tanto Humberto Costa quanto Oscar Barreto, além do presidente estadual do PT, Bruno Ribeiro, minimizaram os efeitos das manifestações e afirmaram que elas são “democráticas”.

Petistas estão reunidos em um hotel na Zona Sul do Recife para votar entre a candidatura própria – de Marília Arraes – ou a aliança com o PSB.

Antes da reunião na capital pernambucana, em reunião nessa quarta-feira (1º), em Brasília, a executiva nacional do partido decidiu apoiar a reeleição do governador Paulo Câmara (PSB). A manobra foi para evitar que os socialistas apoiassem o presidenciável do PDT, Ciro Gomes.

Para isso, a expectativa é de que na convenção do próximo domingo (5) o PSB decida pela neutralidade. A condição apresentada pelo PT no início das negociações era de que o partido fechasse uma coligação, contribuindo com tempo de televisão.
Continue lendo

Deputado Silvio Costa, de PE, é cotado para assumir a vice de Ciro Gomes

0 comentários


A coluna Painel, da Folha de São Paulo, diz que o deputado federal Sílvio Costa, do Avante, pode ser acionado para ser o vice de Ciro Gomes, na eleição presidencial.

O pedetista foi isolado pelo PT e o PSB, com ajuda do PC do B, que decidiram formar uma aliança pelo Brasil, de apoio a Lula. Nas negociações, para ter apoio do PSB, o PT aceitou rifar Marília Arraes, em Pernambuco.

Silvão , em aval do PT em Pernambuco, havia acertado ser o senador de Marília Arraes no Estado, apresentando-se como o senador de Lula. Na semana passada, o senador do PT Humberto Costa disse que não queria estar ao lado de Sílvio Costa na mesma chapa.

Veja a informação da coluna, abaixo.

O deputado Silvio Costa (Avante-PE) é cotado para assumir a vaga de vice na chapa de Ciro Gomes (PDT).

Ele, que foi um ferrenho opositor do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e hoje defende a liberação da candidatura de Lula, segundo aliados, se decepcionou com a decisão do PT de rifar a pré-candidatura de Marília Arraes (PT-PE) ao governo de Pernambuco. Ele vinha apoiando pesadamente o lançamento de Marília.

Silvio Costa tem boa relação pessoal com Ciro Gomes e seu partido, o Avante, está solteiro na eleição nacional.

Procurado, o deputado disse que “ninguém é candidato a vice, mas seria para mim um privilégio”.
Continue lendo

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

PT rifa candidatura de Marília Arraes ao governo de Pernambuco

0 comentários

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, ligou para Marília Arraes (PT) para avisá-la da decisão da Executiva de retirar a candidatura dela ao governo de Pernambuco. A neta de Miguel Arraes considerou a decisão “um equívoco”. Ela ainda tentou, sem sucesso, argumentar contra a medida partidária. A Executiva vai votar a retirada da candidatura dela na tarde desta quarta-feira, mas a decisão é consensual neste grupo.

Na negociação para tirar Marília Arraes do páreo, está o acordo pela neutralidade do PSB no cenário nacional, evitando o apoio da sigla ao presidenciável Ciro Gomes (PDT). A saída dela favorece a reeleição de Paulo Câmara (PSB) ao governo de Pernambuco. Os dois estão praticamente empatados na disputa.

Em troca da neutralidade do PSB, o PT abriria uma vaga para Márcio Lacerda (PSB) na chapa do governador Fernando Pimentel (PT) em Minas Gerais. Ele é pré-candidato o governo mineiro. (Naira Trindade e Andreza Matais)

Com Informações Estadão Política
Continue lendo

Marília rifada da disputa em PE. Executiva Nacional do PT aceita aliança com Paulo

0 comentários


Fontes locais do PT informaram, nesta manhã de quarta-feira (01), que o partido local já foi informado que a candidatura da vereadora Marília Arraes foi rifada.

Nesta quarta-feira, em Brasília, a Executiva Nacional do PT aceitou a realização de uma aliança com o PSB, de Paulo Câmara e Geraldo Júlio.

O comando do partido aceitou como entendimento entre os dois partidos a tese da neutralidade do PSB nestas eleições.

O PT havia exigido que o PSB nacionalmente aceitasse uma aliança com o PT de Lula, mas as divisões internas do partido, em favor de Ciro Gomes, em alguns estados, impediu a união. Aqui, Paulo Câmara defendia o voto em Lula. Em São Paulo, o governador Márcio Franca pedia a neutralidade, facilitando que as costuras estaduais.

“A decisão já foi tomada pela Executiva Nacional. Estamos esperando apenas a resolução (formal neste sentido)”, informa uma fonte do blog.

Luciana Santos na vice de Paulo Câmara, no mesmo acordo com PT Nacional

Nestas negociações entre o PT e o PSB, o PC do B de Luciana Santos também jogaria um papel relevante, indicada para o cargo de vice na chapa de Paulo Câmara.

Não se trata de ação isolada. No plano nacional, defendendo a mesma tese da neutralidade, o PC do B retiraria a candidatura da comunista Manuela Dávila e a indicaria como vice na chapa do PT.

Deste maneira, o PT trabalha para isolar Ciro Gomes, do PDT. Com as pesquisas internas indicando que um candidato do PT indicado e apoido por Lula teria mais votos, de partida, do que o nome de Ciro Gomes, o PT Nacional resiste a abrir mão da cabeça de chapa para o presidenciável de Carlos Lupi.

A decisão da Executiva Nacional ocorre um dia antes que o partido em Pernambuco realizaria sua convenção, justamente para definir os rumos possíveis.

Movimento já esperado

Não se trata de exatamente uma novidade, pois o movimento do PT nacional era esperado.

Na segunda-feira, em São Paulo, dirigentes do PT disseram, durante reunião do Conselho Consultivo do partido, que os petistas não negociam mais uma coligação nacional com o PSB.

O objetivo do PT, agora, era evitar que o PSB se alie formalmente a Ciro Gomes (PDT), e liberasse suas lideranças estaduais para apoiar o candidato a presidente que considerem melhor.

A negociação passava por acordos entre PT e PSB em Pernambuco e Minas Gerais. Em Pernambuco, o PT forçaria justamente a saída de sua pré-candidata, a vereadora Marília Arraes, abrindo caminho para a candidatura à reeleição do governador Paulo Câmara (PSB). Em Minas, seria o inverso.

O ex-prefeito de Belo Horizonte Marcio Lacerda (PSB) abandonaria a disputa, em favor do petista Fernando Pimentel, que concorre à reeleição.

O PT já havia adido duas vezes o encontro nacional que iria definir a posição do partido em Pernambuco em nome das negociações com o PSB.

Segundo petistas pernambucanos, Marília Arraes teria hoje a maioria do diretório estadual.

No domingo, o PSB vai decidir entre uma coligação com os petistas, apoio a Ciro Gomes ou liberar as lideranças estaduais. O governador de São Paulo, Márcio França (PSB), defende uma candidatura própria, mesmo que seja para perder a eleição. França não quer abrir mão do tempo do partido no horário eleitoral da TV, mas é minoria.

“Não discuti isso (acordo regional envolvendo Lacerda) com ninguém. O PT condicionou a retirada da Marília a um acordo nacional”, afirmou Carlos Siqueira, presidente do PSB, no começo da semana, no Estadão.

Com Informações do Blog do Jamildo
Continue lendo

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Sem o PSDB, candidatura de Armando perde força e racha Oposição

0 comentários

Uma decisão que encheu os noticiários políticos nesse final de semana em Pernambuco foi o rompimento do PSDB, leia-se Bruno Araújo, com o grupo Pernambuco quer mudar liderado pelo senador Armando Monteiro (PTB). O maior partido até então nessa ampla frente, o PSDB, sai causando um estrago na candidatura petebista.

A negativa do Senado ao deputado Bruno Araújo causou mais que ruídos, abriu fendas que serão mensuradas em outubro. Preferindo o exercício do silêncio, Armando sentiu forte essa baixa e sabe que seu nome poderá desidratar nessa corrida eleitoral que já não é fácil diante da reeleição do governador Paulo Câmara e da novidade de Marília Arraes.

Uma fonte tucana confidenciou que o ex-governador João Lyra e a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra já teria dado sinal verde pra Bruno e que o seguirão nesse novo projeto. Mesmo não pontuando bem nas pesquisas eleitorais, Bruno provoca mais uma fragmentação da Oposição, saindo de dois para três nomes. Dificultando também a vida de Paulo Câmara quando começarem os debates na TV. O ex-ministro das Cidades vai para uma espécie de sacrífico para armar de vez o palanque de Alckmin no Estado, em caso de vitória do ex-governador de São Paulo seu nome será lembrado mais uma vez para compor o primeiro escalão.

Voltando, o gesto de Bruno abriu precedentes para outras decisões no palanque de Armando. Partidos que poderiam aderir a esse projeto pensarão duas vezes, a exemplo do Solidariedade. Um outro fator determinante é que o petebista perdeu tempo de Televisão e rádio, a TV sempre teve um papel importa nas eleições.  Além de tudo isso, um outro fator agravante é a possibilidade do desmonte dos demais aliados como FBC, Joaquim Francisco, Roberto Magalhães, tivemos informações que Bruno já tentou dialogar com esses atores sobre sua candidatura. A chapa de Armando está esquentando!

Com informações do Blog do Elielson

Continue lendo

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Augusto Barreto visita Sertão do Araripe ao lado de Marília Arraes e Silvio Costa

0 comentários

O pré-candidato a deputado estadual, Augusto Barreto (avante), continua na próxima semana a maratona de visita aos municípios do Sertão do Araripe. A agenda é acompanha dos pré-candidatos ao governo do estado e a senador por Pernambuco, a vereadora Marília Arraes (PT) e o deputado federal Sílvio Costa (avante). Nas últimas semanas, foram feitas caminhadas em todo o Agreste, na Mata Sul e no Sertão do Moxotó.  

O pré-candidato Augusto Barreto destacou que Marília está percorrendo o Estado e tem sido aclamada nas ruas e áreas rurais.  “Acredito que Marília será candidata porque Pernambuco quer mudança de verdade. É importantíssimo a construção de uma plataforma de centro-esquerda no Estado”, revelou. 

Com o apoio do líder do Avante, deputado federal Silvio Costa, Augusto Barreto, tem divulgado nas visitas suas bandeiras de luta nas áreas da saúde e educação, como a defesa da consolidação de um Sistema Único de Saúde (SUS) para a população como um de seus pontos de campanha. Também batalha pelos direitos dos profissionais da saúde sob representação do Fórum Pernambucano de Defesa da Enfermagem e dos profissionais da saúde (FOPEenf) e por uma educação gratuita, de qualidade e inclusiva, através da experiência política conquistada como presidente do sindicato dos professores da UFPE (ADUFEPE).





Continue lendo

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Foragido da polícia é preso com arma de fogo em Limoeiro

0 comentários

Um foragido da polícia foi preso nesta madrugada de quarta-feira (11) na cidade de Limoeiro, Agreste do Estado.

Segundo informações de efetivos da 6ª Companhia de Polícia, o homem estava portando uma arma de fogo e foi abordado no Loteamento Santana.

O suspeito teria fugido do Presídio de Canhotinho e precisou ser encaminhado para a delegacia local.

Continue lendo

domingo, 1 de julho de 2018

Tite chega às oitavas de final da Copa do Mundo calejado em mata-mata

0 comentários


Considerado o maior jogador da história do basquete mundial, o ex-ala-armador Michael Jordan imortalizou a frase que “nos playoffs da NBA (liga norte-americana) é quando se separam os homens dos meninos”. No mata-mata da Copa do Mundo não é diferente. Nesse formato de competição não se permitem erros. Um vacilo pode custar a classificação obrigar o retorno para casa mais cedo. O técnico da seleção brasileira sabe bem disso. Afinal, Tite é bastante calejado quando se trata de mata-mata, com boas e más lembranças a depender dos casos. Porém, sem dúvidas, todas serviram de aprendizado para conduzir o Brasil no playoff mais importante de sua carreira: no Mundial da Rússia.

As principais conquistas do treinador, inclusive, foram em competições no formato de mata-mata: Taça Libertadores da América e Mundial de Clubes, em cima do poderoso Chelsea - ambos os títulos pelo Corinthians, em 2012. “Durante a minha carreira fui tachado de tudo. Diziam que eu era bom de mata-mata, mas não em pontos corridos. Em outro momento me chamavam de retranqueiro. Mas tenho uma ideia bem clara de equilíbrio. Não posso ser o protagonista, não posso ter essa vaidade. Temos que ter sabedoria para ajustar peças. No mata-mata tem um caráter emocional muito forte. A margem de erro diminui muito. O nível de concentração tem de estar altíssimo e não pode diminuir”, apontou Tite.

Uma das eliminações mais marcantes na vida do ex-técnico corintiano foi a derrota para o modesto Tolima-COL, ainda pela pré-Libertadores de 2011. Tite, por sinal, foi questionado em coletiva sobre os riscos de protagonizar uma nova derrota histórica, desta vez à frente da seleção.

“Todas as situações são possíveis, não as descarto. Vejo como um aprendizado que trago do passado (o revés para a equipe colombiana). Hoje tenho com a seleção dois anos de trabalho e apenas 24 jogos. É pouco se comparado aos 180 e poucos jogos que tive com o Corinthians. Mas, agora, eu tenho o que não tinha naquela partida diante do Tolima, um conhecimento recíproco com o grupo. De sofrer durante a partida e manter o padrão”, comentou o técnico.
No currículo do treinador ainda aparecem outras conquistas importantes em mata-matas: a Copa do Brasil de 2001, com o Grêmio; a Copa Sul-Americana de 2008, com o Internacional; além da Recopa Sul-Americana de 2013, com o Corinthians.
MAUS RESULTADOS

O retrospecto recente de Tite, porém, não é dos melhores. No período de 2013 a 2016, quando ainda comandava o Timão, o treinador tem números assustadores. Em sete duelos no formato ‘se perder está fora’, o treinador foi eliminado em todos eles: oitavas de final da Libertadores para o Boca Juniors e quartas de final da Copa do Brasil diante do Grêmio, em 2013; semifinal do Paulista para o Palmeiras, oitavas da Libertadores para o Guaraní, do Paraguai, e também nas oitavas da Copa do Brasil para o Santos, em 2015; semifinal do Paulistão diante do Audax e oitavas da Libertadores para o Nacional, do Uruguai, em 2016. “Entrar (na partida) para não errar é desumano, mas diminuir o erro é possível. Porém, pode acontecer (a eliminação). É a vida”, frisou.
Continue lendo

Nos pênaltis, Rússia vence e elimina Espanha nas oitavas de final

0 comentários


Na primeira disputa de pênaltis desta Copa, a Rússia ganhou da Espanha por 4 a 3, neste domingo, no estádio Lujniki, em Moscou, e se classificou para as quartas de final. O tempo regulamentar e a prorrogação terminaram empatados por 1 a 1. 

O herói da classificação foi o goleiro Akinfeev, que defendeu cobranças de Koke e de Aspas. A Espanha é a terceira seleção campeã do mundo que dá adeus no Mundial da Rússia, após as quedas de Alemanha e Argentina. 

O rival da Rússia nas quartas de final vai sair do confronto entre Croácia e Dinamarca, na tarde deste domingo. 

A Espanha apostou no seu estilo de toque de bola e saiu na frente aos 11 minutos com gol contra de Ignashevich. Com domínio total da posse de bola, a Fúria controlou o jogo, mas não foi efetiva no ataque. O time não conseguiu criar chances reais de gol. Diego Costa nem apareceu em campo. Na reta final do primeiro tempo, a Rússia buscou o empate. Piqué tocou a mão na bola dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Dzyuba fez 1 a 1 aos 41 minutos. 

Depois do intervalo, a Espanha tentou ser mais perigosa, mas sofreu com a forte marcação russa. O jogo virou ataque contra defesa. Os espanhóis tiveram mais de 75% da posse de bola. No último toque, no entanto, a falha persistiu, e a Fúria não conseguiu voltar a marcar. A melhor chance foi um chute de longe de Iniesta, que entrou no segundo tempo para dar mais criatividade. 

O panorama do jogo seguiu o mesmo na prorrogação. A Espanha teve a bola, mas falhou no ataque. A decisão ficou mesmo para os pênaltis.
Continue lendo

sábado, 30 de junho de 2018

Diego Godín vs Cristiano Ronaldo, a batalha de Madri chega à Rússia

0 comentários


Cristiano Ronaldo e Diego Godín, um obcecado pelo gol, o outro pela marcação, reeditarão na Rússia um do duelo de alta rivalidade do clássico de Madri, mas com algo ainda maior em jogo: a classificação às quartas de final da Copa do Mundo. Nem o Santiago Bernabéu, nem o Metropolitano. O cenário será o estádio olímpico de Sochi, a partir das 15h (de Brasília) e, no lugar do duelo entre torcidas do Real Madrid e Atlético, as arquibancadas estarão cheias de portugueses e uruguaios. Cada jogada será uma batalha e cada bola alçada na área uma oportunidade de mostrar ao adversário que nada será fácil.

Marcaremos Cristiano Ronaldo “com o mesmo respeito que marcamos todos os jogadores, apesar de ser uma estrela a nível mundial vamos ter o mesmo respeito”, alertou o zagueiro Sebastian Coates, na semana anterior ao duelo deste sábado.

Mas Cristiano não é qualquer jogador, e Godín sabe bem disso. O capitão e alma da defesa uruguaia sofreu em finais da Liga dos Campeões entre Real e Atlético nas mãos de CR7, um dos maiores responsáveis pelo zagueiro não ter a conquista de uma ‘Taça Orelhuda’ em seu currículo.

Mas o uruguaio é forte e tem grande valor. “Quando se fala de craques, dizemos: Sergio Ramos é craque. Mas não. Godín é craque, porque defende, manda, faz gol, é campeão, não falta um jogo… Esse é craque de verdade”, elogiou o astro argentino Diego Maradona há alguns dias.

Antagônicos

A pressão estará no auge para os portugueses, que querem mostrar que não são os atuais campeões europeus à toa, e para os uruguaios, que sentem que está na hora de colher os frutos do processo liderado há anos pelo técnico Oscar Tabárez. Cristiano entende um pouco de pressão. Na última década, correu atrás dos recordes e títulos conquistados pelo rival Lionel Messi e quase sempre os igualou ou até superou.

Godín não fica muito atrás. Apesar das desvantagens econômicas, seu Atlético de Madrid foi capaz de entrar para a elite do futebol de clubes da Europa, com o uruguaio capitaneando essa trajetória.

Cristiano ama as selfies, Godín se limita a posar com capitães do passado em fotos oficiais. CR7 exibe com orgulho o corpo e ama aparecer, enquanto ‘El Flaco’ (O magro) quer passar despercebido fora de campo.

Ambos na fase final das carreiras, são água e azeite também nos discursos. Sem mexer um fio do cabelo, Cristiano admite: “enquanto jogar, quero ganhar tudo que for possível”.

Do outro lado do campo, Godín preza pela humildade e confiança: “Se nossos atacantes forem bem e conseguirmos ser solidários na defesa, faremos uma grande Copa”.

Outro amante dos discursos ponderados, o técnico uruguaio Oscar Tabarez definiu seu capitão há algum tempo: “É difícil resumir uma personalidade em uma só característica, mas em Godín poderia ser sua força mental pelo futebol”. Uma definição que também caberia a Cristiano Ronaldo, que busca dar a Portugal sua primeira Copa do Mundo. Já Godín quer ajudar a Celeste no caminho rumo ao tricampeonato mundial, após as distantes Copas de 1930 e 1950.
Continue lendo

Mbappé brilha e França elimina Argentina com vitória por 4x3 em Kazan

0 comentários



Argentina e França abriram as oitavas de final com um jogo digno de duas campeãs mundiais. Com duas viradas e golaços dos dois lados, a França se deu melhor e está classificada para as quartas de final com vitória por 4x3. Destaque dos europeus, Mbappé brilhou com dois gols no segundo tempo, sendo ainda derrubado no pênalti que abriu o placar para "Les Bleus".

Pouco criativos, os sul-americanos demonstravam raça, mas não foram capazes de suportar a força ofensiva do adversário. Com o resultado, os argentinos voltam para casa, enquanto a França segue na competição e fica à espera do vencedor do duelo entre Portugal e Uruguai.
Jogo

A disputa por espaços ditava o ritmo dos primeiros minutos do confronto entre argentinos e franceses. Para romper a forte marcação, o ponto de desequilíbrio era o atacante Mbappé. Mais jovem entre os titulares, o francês aproveitava a velocidade e apostava nas jogadas individuais para infiltrar na defesa adversária. Logo aos oito minutos, sofreu falta após ser cercado por quatro argentinos. Na cobrança, Griezmann chutou colocado no travessão. Na sequência, os hermanos novamente pararam o atacante com falta, dessa vez dentro da área. Na cobrança do pênalti, Griezmann não perdoou: 1x0.

Com arrancadas ferozes, Mbappé conseguiu deixar dois jogadores da Albiceleste com cartões amarelos, primeiro Rojo e depois Tagliafico foi advertido. A imposição física de Les Bleus atordoava a equipe comandada por Jorge Sampaoli. Com contra-ataques ágeis e encaixados, os europeus chegavam com facilidade ao ataque, enquanto a recomposição dos hermanos era lenta e confusa. Como agravante, as variações de posição ofensivas da França confundia a marcação, ajustava apenas nos 15 minutos finais da primeira etapa.

Na frente, Messi tentava comandar as investidas dos sul-americanos, mas seguia sendo muito bem marcado. O espaço que faltava para "La Pulga" sobrou para Dí Maria aos 41 minutos. O meia, até então apagado na Copa, acertou um golaço de longe e deixou tudo igual.

O baque sofrido no fim repercutiu nos minutos iniciais da etapa final. Logo aos três, Messi bateu fraco de fora da área e Mercado colocou o pé para desviar. Sem chances para Lloris. Com a virada argentina, os franceses se atiraram á frente e não demorou muito para igualarem o placar.

Em cruzamento pelo lado esquerdo de Hernández, a bola passou por todo mundo e sobrou limpa para Pavard acertar um golaço. De três dedos, o lateral mandou no ângulo de Franco Armani: 2x2. Destaque da primeira etapa, Mbappé decidiu dar as caras novamente na partida para definir o resultado.

Aos 18 minutos, o jovem de 19 anos dominou entro da área, puxou para perna esquerda e bateu rasteiro para virar o jogo. Como resposta ao gol francês, Sampaoli promoveu a entrada de Agüero na vaga do volante Pérez. Contudo, a intenção de lançar o time ao ataque abriu espaços atrás.

Essa liberdade era o que faltava para Mbappé se consagrar no confronto. Em contra-ataque conduzido por Giroud, a joia francesa surgiu como opção do lado direito e com categoria concluiu para as redes, aos 23. O quarto gol de "Les Bleus" serviu para esfriar as pretensões de Messi e companhia.

Sem o mesmo poder de criação, a Albiceleste esbarrava nos erros de passes e na falta de organização para reagir, muito por causa da ausência de um trabalho coletivo e consciente. Assim, a raça tornava-se ingrediente para os lances da Argentina. Aos 34, Meza até tentou, mas o disparo saiu fraco. Messi arrancou sozinho aos 39, mas o chute também ficou fácil para Lloris defender.

Um fio de esperança surgiu aos 47. Em bola lançada na área, Agüero subiu bem e cabeceou para diminuir o marcador. Com o tento no final da partida, a Albiceleste ainda tentou empatar novamente, mas não conseguiu, dando adeus ao Mundial ainda nas oitavas.
Ficha do Jogo:

França: Lloris; Pavard, Varane, Umtiti e Lucas Hernández; Kanté Matuidi (Tolisso), Pogba, Griezmann (Fekir) e Mbappé (Thauvin); Giroud. Técnico: Didier Deschamps.

Argentina: Armani; Mercado, Otamendi, Rojo (Fazio) e Tagliafico; Mascherano, Enzo Pérez (Agüero) e Banega; Pavón (Meza), Messi e Di María. Técnico: Jorge Sampaoli.

Local: Arena Kazan, em Kazan. Árbitro: Alireza Faghani, auxiliado por Reza Sokhandan e Mohammed Mansouri, todos do Irã. Gols: Griezmann, aos 13 minutos do 1º tempo, Pavard, aos 13 minutos do 2º tempo, e Mbappé, aos 18 minutos e aos 23 do 2º tempo (França); Di María, aos 41 mintos do 1º tempo, Mercado, aos 3 minutos e Agüero aos 47 do 2º tempo (Argentina) Cartões Amarelos: Rojo, Tagliafico, Banega, Otamendi e Mascherano (Argentina); Matuidi, Pavard e Giroud (França)
Continue lendo

GD, Avine Vinny e Saia Rodada na Festa do Milho 2018

0 comentários


A programação da 13° Edição da Festa do Milho foi divulgada na manhã deste sábado (30). Enquanto as atenções neste período junino estavam voltadas para a Copa do Mundo e as comemorações nas cidades circunvizinhas, a Prefeitura Municipal de Passira, Agreste de Pernambuco, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, pavimentava a programação do tradicional evento.

Em três dias, seis atrações musicais estarão no palco em comemoração a safra do milho. Gabriel Diniz, Avine Vinny e Saia Rodada são atrações principais.

Vale destacar que em 2017 a Edilidade municipal mudou o polo festivo para Associação Atlética do Palmeiras. Segundo informações o mesmo ocorrerá para esta edição.
Continue lendo