segunda-feira, 12 de agosto de 2013

"Candidatura de Eduardo Campos pode empolgar o Brasil", diz correligionária

Apesar de não condicionar sua candidatura ao Governo da Bahia à do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, à presidência da República, a senadora Lídice da Mata continua a demonstrar entusiasmo com a possibilidade de o PSB encabeçar uma chapa presidencial e volta a exaltar o "potencial" do correligionário.

"Eu acho que a experiência de Eduardo como gestor de um estado nordestino, de um estado difícil, que passa as dificuldades da seca e que tem uma gestão muito bem aprovada, pode fazer sim com que ele se torne um candidato que empolgue o Brasil pela sua capacidade de dar resolução a problemas".

A senadora lembra do nascimento do PT "radicalmente" contra alianças políticas e avalia que agora o partido é "refém" exatamente de acordos políticos para governar o país. Em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia a socialista também rejeita tese de que as manifestações das ruas são contra a presidente Dilma Rousseff e contra o PT, mas pondera a dificuldade do governo para responder às pessoas.

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira