sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Familiares de Dominguinhos brigam pelos bens do cantor

Familiares do sanfoneiro pernambucano Dominguinhos, falecido no último dia 23 me decorrência de complicações infecciosas e cardíacas já iniciaram a luta pelos bens do músico. A briga teria iniciado antes mesmo do sanfoneiro falecer. O filho do primeiro casamento do artista, Mauro Moraes, 53, a meia-irmã Liv Moraes e ex-mulher Guadalupe Mendonça não conseguem chegar a um consenso sobre a partilha dos bens.

Na semana passada, Liv organizou um tributo ao cantor em Olinda, que rendeu R$ 190 mil à família, segundo informações do Chevrolet Hall. Mauro acusa Liv e Guadalupe de quererem os recursos para si e não pagar o tratamento recebido pelo cantor durante o período em que Dominguinhos esteve internado. Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, Liv não quis comentar o impasse e disse que a briga familiar pelo espólio do músico “não é da conta de ninguém”.

Segundo a advogada de Mauro, Rita Wiechmann, os recursos estariam destinados a saldar os débitos pessoais de Guadalupe, uma vez que o artista possuía plano de saúde. Por outro lado, o advogado de Guadalupe, Gilvany Brasileiro, diz que há, sim, dívidas por parte de Dominguinhos, resultantes do tratamento no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

Durante a internação de Dominguinhos, Mauro entrou com uma ação judicial para tomar as decisões pelo pai. O processo ainda está em andamento. Segundo o filho do cantor, Guadalupe, que se diz esposa do artista, não vivia com o músico há alguns anos. Curiosamente, ela afirmou, em entrevista ao Fantástico, que no começo de junho era casada com o artista, porém ambos viviam em residências diferentes.

Vale ressaltar, ainda, que Mauro Moraes chegou a morar no apartamento do pai em São Paulo. Como consequência, Liv e Guadalupe entraram com uma ação de reintegração de posse. Agora, o filho tenta adquirir os bens do pai.

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira