sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Presa babá acusada de agredir criança em Piedade

Imagens mostram que doméstica maltratava criança quando os pais não estavam em casa
Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem

A babá Luana Patrícia Azevedo, 30 anos, flagrada por câmeras agredindo criança de um ano e seis meses, foi presa nesta sexta-feira no município de Quipapá, Zona da Mata pernambucana. A mulher foi levada para a Gerência de Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA) de Jaboatão dos Guararapes, Grande Recife, onde presta depoimento nesta manhã e será encaminhada para a Colônia Penal Feminina do Recife, no bairro do Engenho do Meio, Zona Oeste da capital. Ela será indiciada pelo crime de tortura.

A acusada estava em casa com a família, em Quipapá, quando a polícia chegou solicitando que ela fosse à delegacia prestar depoimento. Segundo o delegado Carlos Barbosa, a equipe evitou que a mulher fosse presa na frente dos filhos, que têm 8 e 12 anos. Luana, em entrevista ao Jornal do Commercio, negou as acusações. Disse que aquele era o jeito dela, "bruto", de tratar a criança, mas não que não se tratava de agressão. Ela afirmou, ainda, que a mãe da menina ficava em casa diariamente e acha que os pais armaram porque ela ia pedir para sair da casa.

CASO - Os pais da criança foram à delegacia no dia 15 de julho para registrar queixa contra a empregada. Eles informaram que tinham contratado a mulher havia oito meses, mas só descobriram que ela agredia a filha após verificarem melhor as gravações dos equipamentos, instalados pela casa há mais de cinco anos. No mesmo dia, a criança foi encaminhada ao Instituto de Medicina Legal (IML) para fazer um exame de corpo de delito.

Com Informações do NE10

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira