terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Em PE, ônibus da Banda Raça Negra tomba em mureta e três pessoas continuam internadas

O acidente ocorreu nessa segunda-feira (20) em um trecho da BR-101, em Goiana

No dia seguinte ao acidente envolvendo um ônibus da banda Raça Negra, na BR-101, no município de Goiana, três pessoas permanecem internadas no Hospital Miguel Arraes, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife. 

Continuam no local o saxofonista Marcos Roberto França, o roadie Edson Alves de Lima, bem como Alex Edwin Ordenis. De acordo com a assessoria do Hospital, os três pacientes permanecem em estado estável e seguem em observação.

O roadie Edson Alves passou por cirurgia ainda na segunda-feira e se recupera bem. Também foi informado que todos os pacientes presentes na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Igarassu já receberam alta, dentre eles o vocalista da banda, Luiz Carlos, que ainda ontem fez visita os demais integrantes. 

A expectativa é de que a agenda da banda siga normalmente a partir desta sexta-feira (24) com um show que na cidade de Mongaguá, em São Paulo. Os shows que aconteceriam nesta segunda-feira na cidade de Salvador, na Bahia, com o Harmonia do Samba, e na terça (21), no Rio de Janeiro, foram cancelados.

ACIDENTE - O acidente ocorreu nessa segunda-feira (20) quando o ônibus que carregava integrantes da banda tombou em uma mureta. Em seguida, um caminhão que vinha no sentido contrário bateu no veículo. O ônibus da banda viajava de Natal (RN) para o aeroporto do Recife (PE) - de onde o grupo seguira para Salvador (BA) - e havia passado pela divisa entre a Paraíba e Pernambuco antes do acidente. Equipes do Corpo de Bombeiros e do Samu foram responsáveis pelos os primeiros socorros. 

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) o acidente pode ter sido causado por falta de atenção, já que o motorista não estaria embriagado. Um boletim de ocorrência com a provável causa do acidente ainda deve ser divulgado pela instituição.

Com Informações do NE10

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira