segunda-feira, 28 de abril de 2014

Consumidor residencial pagará mais 17,51% na conta de luz. Aumento entra em vigor amanhã

Os consumidores residenciais pernambucanos vão ter um aumento de 17,51% na conta de energia a partir do próximo dia 29. O que mais contribuiu para puxar o reajuste para cima foi a energia produzida pelas térmicas, que é mais cara do que a gerada pelas hidrelétricas.Os grandes consumidores, como as indústrias de grande porte terão um reajuste de 17,86%.

O reajuste médio ficou em 15,99. Os próprios diretores da Aneel disseram que o aumento é "preocupante". Ele significa quase três vezes a inflação registrada nos últimos 12 meses. No entanto, o diretor da Aneel alegou que o atual reajuste é o resultado do baixo nível dos reservatórios das hidrelétricas e o uso da energia das térmicas.

Segundo o relator do processo, André Pepitone, os pernambucanos estão pagando o mesmo custo que pagavam pelo megawatt-hora em 2009, cerca de R$ 350.

O que mais fez o preço da energia subir foi a pouca chuva do Sudeste do País, região responsável por 70% dos reservatórios das principais hidrelétricas do País.

Com Informações do JC Online

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira