segunda-feira, 12 de maio de 2014

Aécio e Campos se desentendem em MG e PE. PSDB cogita lançar candidato em PE

Bruno Araújo, presidente do PSDB de Pernambuco: 'Pau que dá em Chico dá em Francisco'

Aécio Neves e Eduardo Campos começam a se desentender onde pareciam mais afinados. Eles haviam combinado que um apoiaria o candidato do outro aos governos de seus respectivos Estados. Súbito, Campos passou a considerar a hipótese de lançar um nome próprio em Minas Gerais. E o PSDB ameaça fazer o mesmo em Pernambuco.

“Pau que dá em Chico dá em Francisco”, disse, neste sábado (10), o deputado federal Bruno Araújo, presidente do PSDB de Pernambuco e vice-presidente nacional da legenda. “A convenção do PSDB no Estado será realizada na data limite estabelecida pela lei eleitoral. Queremos acompanhar o cumprimento dos acordos nacionais entre o PSDB e PSB, de modo específico entre Minas e Pernambuco.”

O desacerto entre os dois principais representantes da oposição na disputa presidencial cresce na proporção direta da elevação da distância que os separa nas pesquisas. Em desvantagem numérica, Campos se esforça para demonstrar que não é um genérico de Aécio.

Chama-se Pimenta da Veiga o candidato de Aécio ao governo mineiro. Campos cogita lançar contra ele o deputado federal Júlio Delgado, do PSB. Paulo Câmara é o nome do ‘poste’ que Campos tenta transformar em governador de Pernambuco. Para um eventual duelo contra Câmara, Aécio dispõe do deputado estadual Daniel Coelho, um neotucano verde, egresso do PV, que se revelou bastante competitivo nas eleições municipais de 2012.

Com Informações da Blogosfera

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira