quinta-feira, 29 de maio de 2014

No Agreste, Agricultor morre ao levar pedrada na cabeça

Vinte e quatro horas depois do assassinato de um ex-presidiário, o município de Poção, no Agreste de Pernambuco, distante 229 quilômetros do Recife, contabilizou outro homicídio na noite dessa quarta-feira (28).

De acordo com a polícia, a agricultor Erivanilson Marcelino de Melo, 26 anos, morreu ao ser acertado na nuca por uma pedra. Ele não resistiu ao ferimento provocado na cabeça e morreu antes que fosse socorrido.

Ainda segundo a polícia, no momento do homicídio a vítima ingeria bebida alcoólica na companhia de outro trabalhador rural, identificado como José Morais dos Santos, 26, suspeito de ter praticado o crime.

Eles estavam na calçada de uma casa no povoado de Gravatá dos Gomes, na zona rural do município, quando teriam iniciado uma discussão e José Morais teria acertado a vítima com uma pedrada.

Após diversas rondas, policiais militares detiveram o suspeito já na madrugada desta quinta-feira (28). Ele foi levado à Delegacia Regional de Belo Jardim, ainda no Agreste, onde foi autuado em flagrante e depois encaminhado ao Presídio Desembargador Augusto Duque, em Pesqueira, cidade vizinha a Poção.

O corpo de Erivanilson foi levado ao Instituto de Medicina Legal (IML), Caruaru, também no Agreste, e o caso será investigado pela Polícia Civil, que ainda não revelou informações sobre a motivação do crime.

Com Informações Do NE10 InteriorNúcleo SJCC/Caruaru

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira