sexta-feira, 16 de maio de 2014

Pernambuco registra 27 homicídios desde que começou a greve da PM

Moradores da Favela do Bode carregam corpo de homem

Foram registrados 27 homicídios em todo o Estado de Pernambuco desde o início da greve dos policiais militares nessa terça-feira (13) até o fim da mobilização, anunciada na noite desta quinta-feira (15). Os dados foram divulgados pelo chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Osvaldo Morais, durante uma coletiva para a imprensa. O governador João Lyra Neto e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, estavam presentes no encontro.

Dois destes homicídios aconteceram nesta quinta-feira (15). No bairro do Pina, Zona Sul do Recife, um homem foi baleado por rapazes em um moto em plena Avenida Domingos Ferreira, durante a tarde. Ferido, Gilvam da Silva, de 31 anos, correu em direção à Favela do Bode, onde faleceu.

Flagra feito pela Reportagem (imagem acima) mostrou moradores da localidade arrastando o corpo de volta para a avenida para pedir ajuda. O cadáver se encontra no Instituto de Medicina Legal (IML) para perícia e a investigação ficará sob responsabilidade do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Em Cavaleiro, Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, um homem morreu com dois tiros na cabeça e outro ficou ferido nesta tarde. Os dois tentavam saquear uma loja quando foram surpreendidos com disparos de seguranças particulares do estabelecimento. 

Rodrigo Vanderlei da Silva, 22 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O corpo do jovem foi levado pelo Instituto Médico Legal (IML). A outra vítima, que não foi identificada, ficou ferida nas costas e foi socorrida para o Hospital Otávio de Freitas, no Sancho.

Com Informações Do NE10

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira