sexta-feira, 20 de junho de 2014

CPRH apreende mais de 80 pássaros em Passira e 2 pessoas são multadas em 8 mil e 10 mil reais

Pássaros eram comercializados e mantidos em cativeiro ilegalmente (Foto: Divulgação/ CPRH)

A Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) divulgou nesta quarta-feira (18) a apreensão de 85 pássaros silvestres em Passira, no Agreste de Pernambuco. A equipe de fiscalização da instituição recebeu uma denúncia de que as aves estavam sendo comercializadas e eram mantidas em cativeiro ilegalmente.

De acordo com a assessoria de imprensa da CPRH, foram recolhidas espécies como Galo de Campina, Sabiá, Concriz e Estevão-da-Bahia. "Pássaros ameaçados de extinção também foram encontrados em uma das abordagens, a exemplo do Sabiá da Mata e do Mané Mago", informou o departamento.

A operação ocorreu quando a equipe de fiscalização atendia a uma denúncia de desmatamento no município. "Fomos abordados por um morador que nos avisou sobre a casa de um possível traficante. Também encontramos anilhas que, provavelmente, seriam colocadas nos animais para falsificar a legalidade do comércio", conta o chefe de fiscalização florestal da CPRH, Thiago Costa Lima.

Duas pessoas foram multadas ao serem flagradas comercializando as aves. As multas aplicadas foram de R$ 8 mil e R$ 15 mil. Ainda segundo a assessoria, uma delas estava com 34 pássaros, além de mochilas, gaiolas e alçapões. "A equipe de fiscalização florestal descobriu que uma das pessoas multadas possuía o registro de criador de pássaros silvestres, mas capturava animais adultos na localidade para o comércio", explica.

Uma parte dos pássaros resgatados foi solta em áreas florestais na segunda-feira (16), dia da apreensão. As outras aves foram levadas para o setor de fauna da Agência e serão avaliadas para também serem libertadas.

Com Informações do G1

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira