quinta-feira, 5 de junho de 2014

Filho de Eduardo Campos desiste de disputar cargo na Juventude do PSB


O filho do presidenciável e ex-governador Eduardo Campos, João Campos, anunciou que desistiu de concorrer ao cargo de secretário da Juventude Socialista Brasileira (JSB-PE). Por meio de nota, João Campos diz irá se dedicar aos estudos, mas que estará sempre à disposição do PSB.

A desistência acontece dois após a vereadora Marília Arraes (PSB), que é prima de Eduardo Campos, afirmar, por meio de postagem no Facebook, que o processo de escolha “estava comprometido” e insinuar a existência de “uma articulação maior para que outro jovem, sem envolvimento na juventude partidária, assuma o posto de Secretário Estadual da JSB-PE, cargo principal, por meio do qual terá assento na Executiva Estadual do PSB”.

Na nota, João campos diz que sua prioridade atual é concluir o curso de Engenharia na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e que, egundo ele, qualquer passo neste sentido somente acontecerá quando ele se sentir “pronto”. Ele também refutou a possibilidade de interferências no processo de democracia interna da legenda. “Ser filho e bisneto de quem sou me orgulha muito, mas não é o suficiente para, neste momento, me fazer candidato”, disse.

João Campos também já teve o seu nome cotado para disputar uma vaga na Câmara Federal, mas desistiu de concorrer ao pleito eleitoral. Já Marília Arraes é pré-candidata a deputada federal. Internamente, a intenção de Marília é tratada como um projeto pessoal.

A polêmica em torno da suposta intervenção para favorecer João Campos chegou até mesmo nas instâncias superiores da JSB, levando o vice-presidente nacional, Victor Fialho, a emitir uma nota apoiando Marília onde questionava a postura da cúpula da legenda.

Com Informações do Portal 247

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira