sábado, 21 de junho de 2014

PTB PODE ROMPER COM DILMA POR CARGO NA CAIXA

Neste exato momento, caciques políticos do PT, como os ministros Aloizio Mercadante e Ricardo Berzoini, além do presidente da legenda, Rui Falcão, estão empenhados em apagar um incêndio de grandes proporções. Trata-se de conter a rebelião do PTB, comandado por Benito Gama, que ameaça romper com a presidente Dilma Rousseff e anunciar o apoio do partido ao senador Aécio Neves (PSDB-MG).

A discórdia se deve a uma disputa pesada por cargos na Caixa Econômica Federal. Recentemente, o PTB conseguiu emplacar o vice-presidente de pessoa jurídica, nomeando seu tesoureiro Luiz Teixeira de Magalhães Filho. Ao longo de toda esta semana, Rondon, como ele é conhecido, tentou nomear quadros em escalões inferiores, mas foi barrado pelo presidente da Caixa, Jorge Hereda.

Insatisfeito, Benito Gama disse que o PTB romperia com Dilma nesta sexta-feira, na véspera da convenção do PT, marcada para este sábado, que irá formalizar a chapa da presidente Dilma, com Michel Temer como vice. Benito teria até telefonado para o senador Aécio Neves, sinalizando seu possível apoio.

A noite, no entanto, é uma criança. E é possível que o PT consiga conter a defecção de um importante partido da base aliada.

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira