quinta-feira, 31 de julho de 2014

Armando com 43% dá primeira lapada em Paulo Câmara, em pesquisa do IBOPE


Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (30) mostra Armando Monteiro (PTB) com 43% das intenções de voto para governador de Pernambuco. Em seguida, aparecem Paulo Câmara (PSB) com 11%, Zé Gomes (PSOL) com 2%, e Jair Pedro (PSTU), Miguel Anacleto (PCB) e Pantaleão (PCO), os três empatados com 1%.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo. Confira abaixo os números do Ibope, segundo a pesquisa estimulada, em que os nomes de todos os candidatos são apresentados ao eleitor:

Armando Monteiro (PTB): 43%
Paulo Câmara (PSB): 11%
Zé Gomes (PSOL): 2%
Jair Pedro (PSTU): 1%
Miguel Anacleto (PCB): 1%
Pantaleão (PCO): 1%
Brancos e nulos: 19%
Indecisos: 22%

A pesquisa foi realizada entre os dias 26 e 28 de julho. Foram entrevistados 1.204 eleitores em 57 municípios do estado. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. O que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de 3 pontos para mais ou para menos, a probabilidade do resultado retratar a realidade é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) sob o número 00012/2014, e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 00269/2014.

Rejeição
A pesquisa também mediu a taxa de rejeição de cada um dos candidatos, isto é, aquele em quem o eleitor diz que não votará de jeito nenhum. Veja os números:

Pantaleão: 26%
Zé Gomes: 24%
Jair Pedro: 21%
Paulo Câmara: 20%
Miguel Anacleto: 19%
Armando Monteiro: 14%
Não rejeitariam nenhum dos candidatos: 15%
Não souberam ou não responderam: 35%

Senado
O Ibope pesquisou, ainda, as intenções de voto entre os candidatos ao Senado. Veja os números:

João Paulo (PT) - 37% das intenções de voto
Fernando Bezerra Coelho (PSB) - 16%
Simone Fontana (PSTU) - 3%
Albanise Pires (PSOL) - 1%
Brancos e nulos - 17%
Não sabe ou não respondeu - 25%
Foi citado, mas não alcançou o percentual mínimo, o candidato Oxis (PCB).

Com Informações do G1

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira