sexta-feira, 4 de julho de 2014

Brasil e Colômbia disputam vaga nas semifinais da Copa nesta sexta

James Rodríguez (E) é o grande astro da Colômbia, enquanto que Neymar (D) é a esperança brasileira. Fotos: AFP

Não deu nem tempo do torcedor brasileiro se recuperar das fortes emoções da partida contra o Chile, no último sábado, pelas oitavas de final da Copa. Comemoração pela classificação nos pênaltis? Também tem que ficar de lado. Agora é hora do Brasil, e da torcida, se concentrar no próximo adversário, a Colômbia, nesta sexta-feira, às 17h, na Arena Castelão, em Fortaleza (CE), pelas quartas de final da competição. Assim como contra os chilenos, perder está fora de cogitação. É vencer ou vencer para manter o sonho do hexa.

Além de se preocupar com o lado técnico da equipe, o técnico Luiz Felipe Scolari, também tem que observar o aspecto emocional do time, que foi alvo de críticas por parte de imprensa e torcedores. Um jogador em especial chama a atenção: o zagueiro, e capitão, Thiago Silva, que demonstrou fragilidade na hora dos pênaltis contra o Chile. Felipão, porém, garante que esse ponto não será problema no grupo.

Já no que diz respeito ao aspecto técnico e tático, Scolari tem um problema para armar o time. O volante Luiz Gustavo recebeu o segundo amarelo e está suspenso. Para o lugar dele, o comandante da Seleção Brasileira ainda não confirmou o substituto. Paulinho, que foi titular do time nos três primeiros jogos do Brasil na Copa, deve ser o escolhido. Essa deve ser a única alteração em relação ao time da última partida.

Mas a entrada de Paulinho em si não resolve os problemas do Brasil. Como Paulinho não é da posição exata de Luiz Gustavo, Felipão terá que adaptar a marcação do time, uma tarefa nada fácil, ainda mais quando se enfrenta o artilheiro da Copa, James Rodríguez, com cinco gols.

Uma possível estratégia para parar os Cafeteros talvez seja o desarme. O Brasil é uma das equipes que mais desarma no Mundial. Por outro lado, a Colômbia é o time que menos desarma entre os oitos restantes nesta Copa. Marcar pode ser o trunfo brasileiro.

COLÔMBIA - Já com a melhor campanha do país na história das Copa, a Colômbia quer ir além. De quebra pode não só chegar à inédita semifinal como também eliminar os donos da casa, algo que pode ser surpreendente. Para isso, o técnico argentino José Pekerman aposta na escalaão que vem dando certo nos últimos jogos, sem grande mistério.

FICHA TÉCNICA - BRASIL X COLÔMBIA

BRASIL: Júlio César; Daniel Alves, David Luiz, Thiago Silva e Marcelo; Fernandinho, Paulinho e Oscar; Hulk, Fred e Neymar. Técnico: Luiz Felipe Scolari

COLÔMBIA: Ospina; Zuñiga, Zapata, Yepes e Armero; Sanchez, Aguilar, Cuadrado e James Rodríguez; Jackson Martínez e Teófilo Gutierrez. Técnico: José Pekerman

Copa do Mundo (quartas de final). Local: Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: sexta-feira (4), às 17h. Árbitro: Carlos Velasco Carballo (Espanha). Assistentes: Roberto Alonso Fernandez e Juan Yuste (ambos da Espanha).

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira