quinta-feira, 10 de julho de 2014

Eduardo Campos retoma campanha após derrota do Brasil

O candidato à Presidência da República pelo PSB, Eduardo Campos, decidiu evitar o mau humor do eleitorado nesta quarta-feira 9, um dia depois da derrota do Brasil por 7 a 1 para a Alemanha, pela semifinal da Copa. O ex-governador de Pernambuco cancelou sua ida ao Ceará e optou por ficar no Recife (PE), fazendo gravações para a campanha eleitoral.

"Acho que é um dia triste, eu não iria (para rua) se fosse candidato", disse o coordenador da campanha do PSB, Carlos Siqueira. "Foi uma boa medida", acrescentou, sobre a mudança na agenda. A equipe de campanha agora se preocupa em não associar o resultado do Brasil na Copa às eleições. "Não podemos transparecer que estamos aproveitando este momento crítico", afirmou o deputado federal e presidente do PSB em Minas Gerais, Júlio Delgado (PSB).

Campos volta ao corpo a corpo nesta quinta-feira 10 em São Luís, no Maranhão, onde desembarcou nesta manhã com a candidata a vice, Marina Silva. "Viemos trazer a mensagem de que a união dos brasileiros vai fazer o Brasil mudar para melhor", disse Campos, em entrevista concedida a rádio local. Na sexta-feira 11, o candidato tem agenda pública no Rio Grande do Norte, provavelmente em Natal e Mossoró.

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira