sexta-feira, 15 de agosto de 2014

BOMBA: Marina quer esposa de Eduardo, Renata Campos, de vice, diz revista Piauí


Caso assuma realmente a candidatura à Presidência da República, a ex-senadora Marina Silva (PSB) pode querer a ex-primeira-dama de Pernambuco Renata Campos como candidata a vice. Marina assumiria a candidatura no lugar do ex-governador Eduardo Campos, marido de Renata, que faleceu na última quarta-feira (13) em um acidente aéreo na cidade de Santos, no litoral de São Paulo. A informação é da revista Piauí.

Segundo a repórter Daniela Pinheiro, que fez um vasto perfil de Campos para a revista, Marina teria uma preferência por Renata para homenagear a memória do ex-governador. A matéria lembra que a viúva é auditora do Tribunal de Contas de Pernambuco, gosta de política e entende da administração pública.

O PSB convocou para a próxima quarta-feira (20) uma reunião para decidir se a legenda indicará algum nome para substituir Campos na disputa presidencial e quem será. O irmão do ex-governador, Antônio Campos, já divulgou uma carta defendendo o nome de Marina, que é tido como natural porque ela já era vice na chapa presidencial.

A ex-senadora, porém, enfrentaria resistência de setores do PSB por ter divergido do partido quanto as alianças nos principais colégios eleitorais do País. A entrada da ex-primeira-dama na chapa poderia ajudar a unificar o partido.

Renata era casada com Eduardo desde 1991 e o casal tinha cinco filhos. O mais novo deles, Miguel, nasceu em janeiro.

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira