quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Caixas pretas de avião que matou Eduardo Campos são localizadas, diz polícia. Veja fotos da tragédia:

Em entrevista coletiva na noite desta quarta-feira, em Santos, o delegado da Polícia Civil da Baixada Santista, Aldo Galeano, confirmou que os pilotos do avião em que estavam o candidato à Presidência da República, Eduardo Campos (PSB), mais quatro passageiros e dois pilotos, escolheram o local da queda da aeronave.
Montagem mostra ponto onde avião caiu, próximo à Rua Vahia de Abreu, no Boqueirão

A existência de uma casa com piscina, um bambuzal e a área com maior quantidade de casas, com poucos prédios, são os motivos apontados pela polícia para constatar que o ponto do desastre não foi por acaso. O acidente aconteceu nas imediações do Canal 3, próximo à Rua Vahia de Abreu, o Boqueirão.

Segundo Galeano, o piloto enfrentou baixa visibilidade devido ao mau tempo e precisou arremeter. Para realizar o pouso na Base Aérea de Santos, ele teria que contornar a Cidade novamente e iniciar os procedimentos. Foi nessa etapa do voo que o acidente aconteceu.

Galeano confirmou que as duas caixas pretas do avião foram localizadas. O acidente matou todos os ocupantes da aeronave e deixou 11 pessoas feridas.

Área com vegetação pode ter sido escolhida por piloto durante a queda do avião

O delegado da Polícia Civil informou que 90& dos restos mortais das vítimas já foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de São Paulo e que a identificação dos corpos será bastante difícil, em função do estado em que se encontram.

A autoridade policial disse também que convenceu parentes de Eduardo Campos e das demais vítimas, que estão em Santos, a não se aproximar do local da tragédia.
Imagem mostra piscina de uma das casas atingidas pela tragédia, nas imediações do Canal 3

Aeronáutica

As caixas pretas foram encontradas escondidas em meio aos destroços do avião. Responsáveis por registrar os dados do voo, foram recolhidas por uma equipe da Aeronáutica e serão analisadas nos próximos dias.

A queda da aeronave ocorreu por volta das 10 horas. Dez pessoas ficaram feridas. Pelo menos 13 imóveis ficaram danificados e 50 pessoas precisaram ser abrigadas na casa de parentes. Os imóveis interditados deverão passar por vistoria na manhã desta quinta-feira.

Buscas

Logo no início da tarde, equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e o Instituto Médico Legal (IML) de Santos começaram a retirar partes dos corpos das sete pessoas que estavam a bordo do avião, além dos destroços da aeronave.

Carbonizados, os corpos das vítimas deverão ser levados ao Instituto Médico Legal de São Paulo, onde serão submetidos a exame de arcada dentária e de DNA para identificação.

"Foram encontradas fragmentos de vítimas e da aeronave na quadra (da escola infantil). Ainda assim, o raio de varredura foi ampliado já que destroços foram encontrados em até 60 metros de distância do local do acidente", comentou o chefe da Defesa Civil, Daniel Onias, que acompanha as buscas pelas vítimas e destroços da aeronave.

A investigação das causas do acidente ficará a cargo do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

Pelo menos treze imóveis ficaram danidicados após a queda da aeronave, na manhã desta quarta-feira

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira