quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Mais de 80 mil devem acompanhar velório de Eduardo Campos


O cerimonial do Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo de Pernambuco, avalia que as cerimônias fúnebres do ex-governador e presidenciável Eduardo Campos (PSB) paralisem a cidade do Recife. Devido a comoção causada pela morte trágica em decorrência de um acidente de avião, ocorrido nesta quarta-feira (13) em Santos (SP) e pela alta popularidade que detinha junto aos pernambucanos, a estimativa é que mais de 80 mil pessoas acompanhem o velório.

Embora não tenha como estimar de forma precisa, a Casa Militar avalia que a multidão que deverá acompanhar o velório pelas ruas da capital pernambucana supere as 80 mil pessoas que assistiram o velório do avô de Campos, o ex-governador Miguel Arraes, em 2005. Os trabalhos para a realização do velório já foram iniciados com a colocação de grades em volta da Praça da República, que fica em frente ao Palácio. Quando os corpos de Campos, do assessor de imprensa Carlos Percol e do fotógrafo Alexandre Severo forem liberados e chegarem ao Recife, eles deverão ser colocados embaixo de toldos na calçada da sede do governo estadual. Autoridades e políticos de todo o País deverão acompanhar a cerimônia.

Uma missa campal será realizada no local. A cerimônia deverá acontecer neste sábado ou no domingo, dependendo de quando os corpos forem trasladados para o Recife. Após o velório, os corpos serão levados para o cemitério de Santo Amaro, na região central do Recife, em um carro do Corpo de Bombeiros. Campos será enterrado no túmulo do avô, Miguel Arraes.

Com Informações do Portal 247

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira