sexta-feira, 15 de agosto de 2014

População de Recife se prepara para despedida de Eduardo Campos

Movimentação em frente à residência do ex-governador de Pernambuco, no bairro Dois Irmãos, em Recife: amigos foram prestar solidariedade à família de Eduardo Campos. Foto: Allan Torres/DP/D.A Press

Os preparativos para a despedida oficial do ex-governador e candidato à Presidência Eduardo Campos (PSB), morto em um desastre aéreo na última quarta-feira, foram iniciados ontem, no Recife. O velório vai ocorrer no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo de Pernambuco. Uma missa de corpo presente será acompanhada pelo público na Praça da República, local onde Campos fez o discurso de despedida, depois de quase oito anos no comando do estado (2007-2014).

Embora o funeral dependa da liberação do corpo de Campos e do de seis pessoas que viajavam com ele, a família do presidenciável espera que as cerimônias comecem amanhã. O sepultamento ocorrerá no Cemitério de Santo Amaro. No início da noite de ontem, no entanto, o governo de Pernambuco informou que não há dia nem horário confirmados. Até então, cogitava-se o domingo como provável data do enterro. O corpo de Campos será colocado no túmulo do avô, o ex-governador Miguel Arraes, que morreu em 13 de agosto de 2005. Durante todo o dia de ontem, pelo menos 200 funcionários da Prefeitura do Recife limparam ruas das imediações, podaram árvores e taparam buracos.

O cerimonial do governo pernambucano estima que o funeral deverá paralisar a cidade. A expectativa é de que mais de 80 mil pessoas acompanhem as exéquias. A presidente Dilma Rousseff e o antecessor Luiz Inácio Lula da Silva confirmaram presença (Leia nesta página). De acordo com o secretário de Imprensa do governo de Pernambuco, Ivan Maurício, um avião transportará o corpo do político até a Base Aérea do Recife. O caixão seguirá em carro do Corpo de Bombeiros até o Palácio do Campo das Princesas, cujo entorno começou a ser isolado ontem.

Campos será velado ao lado do assessor de imprensa, Carlos Percol, e do fotógrafo Alexandre Severo, também passageiros do jato Cessna Citation 560XL. Segundo o governo de Pernambuco, o corpo do ex-deputado federal Pedro Valadares Neto vai receber as homenagens em Sergipe, enquanto a família do cinegrafista Marcelo Lyra optou pela cremação.

Com Informações do diario de PE

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira