quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Prefeito do Recife nega confirmação de sepultamento de Eduardo Campos no domingo


O prefeito do Recife, Geraldo Julio, do PSB, falando em nome da família, disse ainda há pouco, na porta da casa do ex-governador, em Dois Irmãos, que apenas ele, o governador João Lyra e o candidato Paulo Câmara podem dar informações oficiais sobre o velório e o enterro do presidenciável Eduardo Campos.

O prefeito afirmou que a previsão de velório no domingo, informada inicialmente como certa pela assessoria de imprensa do Palácio do Campo das Princesas, é uma possibilidade apenas e que a família espera o fim dos trabalhos de reconhecimento dos corpos em São Paulo.

Em São Paulo, o delegado da Polícia Civil e diretor do Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior (Deinter) de Santos, Aldo Galeano, disse hoje (14) que a prioridade da polícia, neste momento, é liberar os corpos de Eduardo Campos, candidato à Presidência da República, e dos quatro membros de sua comitiva que morreram ontem (13) em um acidente aéreo em Santos. “A gente quer acelerar essa parte para as famílias terem um conforto de pelo menos velar as pessoas que se vitimaram”, disse ele.

Segundo o delegado, o prazo para liberação dos corpos, que estão no Instituto de Medicina Legal (IML) na capital paulista, vai variar de dois a três dias. Os restos mortais serão separados conforme o material genético recolhido. Esse trabalho depende também do tempo de demora da chegada de amostras de DNA dos parentes das vítimas.

Aldo Galeano informou ainda que a Polícia Civil apura se houve homicídio culposo. “[VAMOS APURAR] se houve negligência, imperícia ou imprudência. Isso pode envolver desde o piloto – se foi uma falha humana, estaria extinta a punibilidade porque ele faleceu no acidente, e pode envolver problemas de manutenção, de defeito da aeronave”, disse.

No Facebook, o governo do Estado endossou as declarações dadas por Geraldo Julio e disse que ainda não está confirmado o horário e nem mesmo o dia do velório, da missa campal e do sepultamento dos corpos em virtude de novos procedimentos que surgiram para liberação e translado.

“Os corpos de Eduardo Campos e Carlos Percol chegarão ao Recife e seguirão no carro do corpo dos bombeiros até o Palácio do Campos das Princesas, onde será velado por 24h. Depois será a missa campal de corpo presente em frente ao Palácio (na Praça da República) e, logo em seguida, o carro dos bombeiros, novamente, os levam até o Cemitério de Santo Amaro”, diz a nota.

Com Informações do NE10

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira