domingo, 3 de maio de 2015

Cunha, Presidente da Câmara não descarta Impeachment da Dilma


O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou à bancada do PSDB que o pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff a ser apresentado pelo partido não será descartado de imediato, informa a coluna Painel.

O deputado já havia defendido esse ano, por mais de uma vez, que não havia base jurídica para um impeachment e descartou sem ler um pedido apresentado pelo deputado Jair Bolsonaro. De acordo com Cunha, a Câmara contratará pareceres jurídicos independentes, como fez o PSDB. Presidente do partido, o senador Aécio Neves sinalizou positivamente à iniciativa, mas disse que levará o tema para ser discutido em reunião com partidos aliados

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira