terça-feira, 5 de maio de 2015

No Agreste, Pacientes morrem enquanto esperam por SAMU


O SAMU de Garanhuns, cidade do Agreste pernambucano, está sendo alvo de críticas e reclamações pela precariedade e demora no atendimento. A cidade conta apenas com duas viaturas - uma para emergência e outra para resgate. Ao ligar para o SAMU de Garanhuns, uma equipe de Caruaru analisa se o socorro deve ser prestado ou não. Enquanto esperam, muitas pessoas morrem.

Moradores ainda reclamam que, ao ligar pedindo socorro, a equipe do SAMU informa que não há viaturas disponíveis ou pergunta se há familiares da vítima que possam levá-la para o Hospital Regional Dom Moura.

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira