segunda-feira, 27 de julho de 2015

Barragens do Agreste em situação de colapso, Jucazinho com 3,6%


As barragens do Agreste de Pernambuco estão literalmente em baixa. Metade dos 30 reservatórios já foi apontada pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC) com situação de colapso. Todos estão medindo abaixo de 10% da sua capacidade de armazenamento de água. Apesar de apresentar status de 3,6% da capacidade, a barragem de Jucazinho, em Surubim, ficou de fora da lista de situação de colapso, por ser o maior reservatório da região, responsável pela maior oferta de água. O percentual, portanto, não representa níveis críticos. Os dados são do último relatório da Agência.

Em contrapartida, São Caetano, Belo Jardim e São Lourenço da Mata têm pelo menos um de seus reservatórios esborrando. O caso de Belo Jardim chama a atenção por possuir duas barragens abastecendo hidricamente o município, sendo Tabocas - Piaca estourando os 100% da capacidade e a Engenheiro Severino Guerra com 13,2% do volume. A justificativa para a cidade viver em sistema de racionamento de água e abastecimento problemático é que o reservatório que está em baixa é 15 vezes maior que o outro, ou seja, a oferta passa a não dar conta da demanda.

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira