sexta-feira, 11 de março de 2016

Crise? Prefeitura de Passira gasta 100 Mil com bloco devendo 5 meses a servidores

A Prefeitura de Passira, Agreste de Pernambuco, resolveu seguir na mão contrária de muitas prefeituras da região. Quando alguns gestores estão equilibrando as contas públicas, honrando compromissos com o funcionalismo, o Prefeito Silvestre-PSD resolveu dispensar licitação e contratar a Banda Psirico para o Bloco É Arrocho no valor de 100 mil reais. O evento carnavalesco foi realizado fora de época, dia 13 de fevereiro.

Há muito, o Blog Aventura Passira vem alertando que o Ministério Público entrou com um pedido ao Tribunal de Contas do Estado para rejeitar contas do Prefeito que promoveu gastos com o Carnaval devendo a servidores. 

O fato é que, há 5 meses o atual gestor não vem efetuando o pagamento da parcela de acordo salarial com os servidores envolvidos. O que vem gerando enormes contratempos no cotidiano dos profissionais é que muitos veicularam a determinada quantia a empréstimos bancários, numa parceria com o Banco do Brasil e a Edilidade Municipal. Outro fator é que professores da rede Municipal de ensino na condição de contratados trabalharam o mês de Dezembro/2015 sem receber os vencimentos correspondentes ao repasse do Governo Federal para a Prefeitura de Passira por meio do FUNDEB.

Leia também: Prefeito de Passira descumpre há 5 meses acordo salarial com servidores


0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira