quinta-feira, 10 de março de 2016

Prefeito de Passira descumpre há 5 meses acordo salarial com servidores


Mais um mês se passou e a Prefeitura Municipal de Passira, Agreste de Pernambuco, não pagou as parcelas de acordo salarial aos servidores municipais efetivos, descumprindo o acordo firmado entre os trabalhadores e o Ministério Público no início da gestão do então Prefeito Severino Silvestre-PSD/2013. Neste caso, somados os meses já são 5 parcelas em atrasos. Além de não pagar dentro do prazo combinado, a Administração Municipal sequer explicou aos servidores ou publicou um esclarecimento sobre o descumprimento do Acordo.

Diante do exposto, os professores, um dos segmentos afetados com a quebra de acordo imposta pela atual gestão, aderiram a paralisação nacional que acontecerá na próxima terça feira (15).

Em tempo, muitos dos servidores acreditando que as parcelas seriam cumpridas a risca fizeram um acordo com instituições financeiras tirando empréstimos com valores das parcelas coincidentes com as do acordo. 

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira