sábado, 2 de abril de 2016

Sem espaço político na oposição, Zé Ramos adere ao grupo de Silvestre


Rivais há pelos menos 4 anos dentro do campo político de Passira, Agreste de Pernambuco, Silvestre-PSD e o empresário Zé Ramos-PRB acertam os ponteiros e se aliam com vista às eleições municipais em outubro de 2016.

A rivalidade se deu no início de 2012 quando Silvestre frustrou os planos de Zé Ramos ao encabeçar a chapa majoritária da oposição. Zé articulou e projetou seu nome em um grupo muito enxuto e sem visibilidade, sendo o segundo candidato a disputar a prefeitura pela oposição. A maior repercussão foi em cima da ex-companheira de chapa do empresário, Aparecida Laurentino-PSDB, a ex-prefeita foi candidata com Zé nas eleições de 2008, e a expectativa era a renovação da parceria, só que invertendo os papeis, Zé Prefeito e 'Cida' vice, caso houvesse algum impedimento judicial Junior Laurentino, seu filho, assumiria o posto da mãe. Cida e Júnior não aderiram ao grupo, gerando um enorme constrangimento político entre as famílias por motivos pessoais envolvendo um imóvel.

Com o boato da adesão de Zé ao grupo governista, o vereador Junior Laurentino utilizou as redes sociais para reforçar que perdoou o ex-desafeto e que juntos seguirão no mesmo grupo político. Finalizou o texto com uma passagem bíblica: "perdoa as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendidos. Deus é fiel!!!"

Em tempo, a atual oposição política da Terra dos Bordados capitaneada pelo ex-prefeito, Miguel Freitas-PP; o deputado estadual, Henrique Queiroz-PR; o atual vice-prefeito, Edelson Gomes-PSB; e vereadores, Renya Carla, Jamilson Albuquerque e Dedé da Cerâmica, não viam com bons olhos o desejo de Zé Ramos em encabeçar ou compor a chapa majoritária que disputará a prefeitura contra Severino Silvestre. O motivo seria supostos arranhões da disputa de 2012.

Zé adere a situação e vem com status de possível candidato a vice de Silvestre, ofuscando nomes já projetados nos bastidores como Junior Pereira (sobrinho e secretário municipal de Administração e Infraestrutura) e Dr José Barata.

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira