sexta-feira, 13 de maio de 2016

Mendonça diz que projetos que dependem da Lei Rouanet serão mantidos


O pernambucano Mendonça Filho, que foi oficializado nessa quinta-feira (12) como novo ministro da Educação e Cultura do governo do presidente interino Michel Temer, disse em entrevista à Rádio Jornal nesta manhã que os projetos que dependem da Lei Rouanet serão mantidos.

“A gente está começando a fazer o levantamento com relação aos pontos principais tanto da pasta da Educação, quanto Cultura, mas os projetos como aqueles que dependem da Lei de Incentivo à Cultura, Lei Rouanet, Lei do Audiovisual, serão mantidas, preservadas e aprimoradas”, disse Mendonça.

Antes da primeira reunião ministerial do governo do Temer, realizada nesta sexta-feira (13), o pernambucano conversou com o comunicador Geraldo Freire sobre o atual momento político do País. Mendonça reconheceu que o momento é difícil. “Eu entendo que essa é uma hora delicada, mas vamos superar através do diálogo”, afirmou.

Sobre educação, o ministro ressaltou o que foi dito por Michel Temer, durante discurso de posse. De acordo com Mendonça, os programas sociais relacionados à educação como Prouni, Enem e Pronatec também serão mantidos no novo governo. “Eu tenho plena convicção de que nós vamos alcançar avanços na área de educação e cultura”, ressaltou.

Sobre os desafios que estão por vir nos próximos meses, o pernambucano contou que está começando a levantar os pontos principais para que um bom trabalho seja realizado. “Nós estaremos atuando para fortalecer tanto a educação, quanto a cultura no Brasil”, disse.

Mendonça Filho ainda pontuou que vai buscar as melhores pessoas do País para lhe ajudarem a partir de agora. “Para mim, não há fronteiras. Eu quero os melhores atuando para que a gente possa promover avanços”, concluiu.

Com Informações do NE10

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira