segunda-feira, 13 de junho de 2016

Massacre: Papa condena 'ódio sem sentido' de atirador de Orlando


O Papa Francisco expressou, neste domingo (12), sua condenação ao "ódio sem sentido" do assassino que causou a morte de 50 pessoas em uma boate gay de Orlando, na Flórida.

"O terrível massacre que ocorreu em Orlando, que causou a morte de várias vítimas inocentes, suscitou no Papa Francisco, e em cada um de nós, sentimentos muito profundos de repulsa e condenação, de dor, de confusão frente a esta nova manifestação de uma loucura assassina e de um ódio sem sentido", informou seu porta-voz, o padre Federico Lombardi.

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira