quinta-feira, 14 de julho de 2016

FIG terá Elza Soares, Alceu Valença, Gal Costa e Nação Zumbi este ano


A programação do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) foi divulgada nesta terça-feira (13) e contará com uma série de artistas consagrados nos palcos. Entre as atrações que animarão a 26ª edição da festa, nomes como Elza Soares, Gal Costa, Nação Zumbi, Alceu Valença, Margareth Menezes, Biquini Cavadão e Fulô de Mandacaru, vencedora da última edição do SuperStar, da TV Globo.

Este ano, o festival presta homenagem ao mestre de todos os ritmos, o percussionista Naná Vasconcelos. Além de shows musicais, público terá acesso gratuito a mostras de cinema, fotografia e artes visuais; ações de design, moda, artesanato e literatura; espetáculos de circo, dança e teatro; apresentações de cultura popular; Além de oficinas e rodas de diálogo. 

A programação vai se espalhar novamente por toda a Garanhuns, ocupando os 20 polos oficiais e também ruas e praças, por meio de intervenções e atividades descentralizadas.

Local do maior palco do festival, a Praça Mestre Dominguinhos (antiga Guadalajara) será tomada por um público diverso, durante nove dias de shows. Os destaques do primeiro fim de semana são grandes intérpretes e compositoras da música brasileira: Elza Soares, Gal Costa, Karina Buhr, Larissa Luz e Elba Ramalho.

Mantendo o pique da programação, também se apresentam por lá artistas e grupos admirados em todo o país, como os pernambucanos Alceu Valença, Otto, Santanna, Siba e Maciel Melo; as bandas Nação Zumbi e Academia da Berlinda; e as cantoras Roberta Sá e Margareth Menezes. Encerrando a programação no sábado (30), sobem ao palco a caruaruense Fulô de Mandacaru e uma referência da música pop nacional, a banda Biquini Cavadão.

Outras atrações
Treze filmes pernambucanos, nacionais e estrangeiros entram em cartaz na cidade com a chegada da 12ª Mostra de Cinema do FIG. Entre eles, ‘A Luneta do Tempo’, de Alceu Valença; a animação brasileira indicada ao Oscar ‘O Menino e o Mundo’, de Alê Abreu; e o recém-lançado longa da cineasta Anna Muylaerte, ‘Mãe só há uma’. Algumas sessões contarão com a presença dos diretores, que vão conversar com o público. O debate com Alceu, por exemplo, acontece na quarta (27). Exibições com audiodescrição e Libras, além da sessão especial Horror Brasileiro Contemporâneo, complementam a programação.

Trinta e sete oficinas culturais estão com mais de 700 vagas abertas. São oportunidades em todas as áreas culturais, como Artesanato, Audiovisual, Música, Fotografia e Design. As inscrições devem ser realizadas na Secretaria de Cultura de Garanhuns a partir da segunda-feira (18).

Também haverá programação circense. O local deste ano é o Parque Euclides Dourado. Do sábado (23) ao sábado (30), sempre às 16h, haverá sempre uma boa programação gratuita privilegiando a tradição circense, sem deixar de abrir espaço para artistas contemporâneos. Entre as atrações, destaque para o Circo Alves, a Família Vidal (Disney Circo) e o American Circo (PB). Ações de rua integram a programação circense, como o espetáculo Combo, da Tropa Trupe (RN).

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira