quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Silvestre comemora 1 ano que não paga o acordo salarial dos servidores

Numa administração regrada ao desastre e ausência de gerenciamento da máquina pública, Silvestre deixará a prefeitura atolada em dívidas com os servidores municipais.

Prestes a comemorar 1 ano de boicote, o prefeito de primeiro mandato mais desgastado da história política recente de Passira, Agreste de Pernambuco, simplesmente não paga o Acordo de Termo de Conduta aos Servidores. Acordo este celebrado perante o Ministério Público de Pernambuco.

Silvestre assumiu a prefeitura Municipal em 2013 com conta valores acima de 2 milhões de reais em caixa que deveriam ser usados para o pagamento de servidores, porém preferiu dividir o débito, o que não vem cumprindo desde então.

Silvestre reeleito o que será da Terra dos Bordados? Cadê o dinheiro que estava aqui? 

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira