terça-feira, 25 de outubro de 2016

O lado negativo da 30ª Feira do Bordado ser em uma Quadra e distante do centro

Feira do Bordado realizada em 2011 na gestão Miguel Freitas.

A Prefeitura Municipal de Passira, Agreste de Pernambuco, através de seu representante legal, Severino Silvestre-PSD, decidiu realizar a 30ª Feira do Bordado Manual em local que foge completamente do habitual, fora do Centro da Cidade, isolada totalmente de qualquer visibilidade e em uma quadra Poliesportiva. Muitos comentam que a decisão tenha sido tomada no calor das emoções após a derrota nas urnas no dia 02 de outubro, já a Edilidade municipal alega crise financeira.

Sem Visibilidade
A cidade de Passira é localizada em ponto estratégico da Região Agreste, é circundada por inúmeros municípios, tais como: Limoeiro, Feira Nova, Glória do Goitá, Pombos, Bezerros, Gravatá, Cumaru e Salgadinho. O centro comercial de Passira atraí turista de todas as regiões, observado seu poder agrícola e artesanal. Retirar dos artesãos, comerciantes e turistas a Feira do Bordado Manual do Pátio de Eventos é praticamente pedir para que o evento não dê certo. O local que o atual gestor escolhe é fora dos padrões da feira e não representa nenhuma simbologia que contribua para atrair visitantes. 

Taxa de Participação
O evento sendo realizado em uma quadra poliesportiva não vai requerer muitos gastos com requisitos necessários para a montagem da estrutura, visto que no prédio esportivo já tem iluminação, água, banheiros e piso regular, mesmo assim o Prefeito Silvestre lançou um certame cobrando R$ 200,00 por stande valor que desestimula qualquer comerciante, uma vez que não terá a mesma visibilidade de antes. Vale lembrar que em 2015 a prefeitura obrou 184,00 para stand menores e 280,00 para os maiores, no entanto a estrutura era a mesma que foi planejada por Miguel Freitas, ainda quando prefeito.

Área comercial
O Alto São José é um Bairro que não tem área comercial, lanchonete, bares, farmácia o que tende a perde a o interesse de ambas as partes, comerciante e comprador.

Parceria
Silvestre em nenhum momento pronunciou valores oriundos da parceria entre o SEBRAE e Prefeitura nos anos anteriores e nem para esta edição. Para dar lisura a este momento em que a administração pública vem enfrentando pós derrota é grande valia a divulgação dos gastos com a realização da feira e os valores das parcerias.

Centro Comercial do Bordado
Já que a Prefeitura se recusa a realizar o evento no centro da cidade, alternativa mais viável seria o Centro Comercial do Bordado, com maior visibilidade o prédio fica localizado às margens da PE 95, próximo ao centro com maior apelo popular. O que pesa na realização é a atual gestão sucateou o prédio que é conhecido como Shopping do Bordado, as portas de vidro são fechadas com arame, os boxes estão vazios, a pintura deteriorada, a alvenaria precisando de retoques, enfim.

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira