quarta-feira, 30 de novembro de 2016

UFPE vai pedir reintegração de posse caso estudantes não desocupem campi até sexta


A Reitoria da Universidade Federal de Pernambuco adiantou, nesta quarta-feira, que vai pedir a reintegração de posse dos campi da instituição caso os alunos que ocupam os centros de ensino não se retirem até as 17h da próxima sexta. De acordo com a UFPE, os estudantes devem respeitar o protocolo das ocupações firmado na última segunda-feira entre as unidades acadêmicas, os advogados dos estudantes e órgãos públicos, incluindo o Ministério Público Federal. 

A instituição alega conflito da ocupação com o previsto na 4ª Cláusula: - o diálogo deve priorizar o máximo possível a compatibilidade entre o direito de livre manifestação dos estudantes e o respeito a funcionalidades dos prédios ocupados.

Através de nota oficial, a UFPE disse que, caso os manifestantes não permitam o funcionamento dos prédios que hoje se encontram fechados e com acesso regulado, o que configura o descumprimento do acordo, a universidade, por meio da Procuradoria Regional Federal da 5ª Região, entrará com uma ação de reintegração de posse.

"A Reitoria reafirma que prioriza o diálogo com os estudantes desde o começo dos protestos na universidade, em 17 de outubro com a ocupação do Centro Acadêmico de Vitória (CAV), contra a PEC 55", disse. A PEC 55, aprovada em 1º turno no Senado nessa terça, prevê a limitação dos investimentos públicos em áreas essenciais à população, como saúde, educação e assistência social.

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira