sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

“O Nordeste é prioridade para nosso governo”, diz Temer em Pernambuco


Em Surubim, no Agreste de Pernambuco, o presidente Michel Temer (PMDB) disse que o a região Nordeste é prioridade para o governo federal. O peemedebista cumpre agenda, na manhã desta sexta-feira (9), na Barragem de Jucazinho, cuja realização de obras foi recomendada pelo Ministério Público Federal há pouco mais de dois meses.

Acompanhado pelo governador Paulo Câmara (PSB), Temer ressaltou a importância da conclusão de obras ligadas à transposição do Rio São Francisco. “Tenho tido inúmeras reuniões para alcançar objetivos centrais do governo que é precisamente completar as obras da transposição. Se conseguirmos entregar as obras nos próximos dois anos, já valerá um governo”, ressaltou.

Devido a seca na região, Jucazinho deixou de abastecer mais de 10 cidades de Pernambuco. O orçamento da obra é maior de 12 milhões de reais e o prazo de conclusão dos serviços seria de seis meses. “Estamos liberando R$ 12 milhões de um total de R$ 53 milhões para esta obra”, disse Temer na Barragem.

Num segundo ato assinado pelo presidente nesta manhã, o governo federal destina R$ 33,7 milhões para a construção de uma adutora emergencial, que visa interligar o Sistema Siriji aos Sistemas Integrados Palmeirinha e Jucazinho.

Após cancelar duas agendas programadas, o presidente Michel Temer desembarcou no Aeroporto Internacional Recife/Guararapes-Gilberto Freyre e fez sua estreia por Estados do Nordeste, região que ainda é considerada um reduto mais ligado a ex-presidente Dilma Rousseff. A agenda é voltada para obras da transposição e também prevê a assinatura de renegociação de dívidas de agricultores. 

Ainda nesta sexta, o presidente irá visitar a estação de bombeamento do reservatório do Programa de Integração do Rio São Francisco, devendo passar pelas cidades de Salgueiro e Floresta, no Sertão de Pernambuco, onde há inspeções previstas nos reservatório. 

Temer segue para Fortaleza, ainda na tarde desta sexta (9), onde irá assinar decreto para regulamentar a liquidação e renegociação de dívidas de crédito rural do Banco do Nordeste, na sede do banco.

Em Fortaleza, Temer vai participar de uma cerimônia em que serão regulamentadas as condições de implementação da Lei 13.340, que permite a liquidação de dívidas de crédito rural. Reivindicação dos produtores rurais da região, a legislação que foi aprovada em setembro pelo Congresso concede abatimentos por um ano aos empréstimos contraídos com o Banco do Nordeste ou o Banco da Amazônia. Os agricultores que contraíram dívidas até o ano de 2011 terão descontos para os pagamentos feitos até o dia 29 de dezembro de 2017.

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira