sexta-feira, 24 de março de 2017

Policial militar é afastado após bater em morador da Zona da Mata

Um vídeo enviado para o WhatsApp da TV Globo Nordeste mostra um policial agredindo um morador do município de Sirinhaém, Litoral Sul do estado. Nas imagens é possível ver o PM dando voz de prisão por “desacatar a viatura”. Ao questionar o que teria feito, a vítima recebe um tapa no rosto sob os gritos de “me respeita”, seguido de um palavrão.

Ao confirmar o fato, a Polícia Militar informou, nesta sexta-feira (24), que o policial foi identificado e afastado. Porém a corporação não soube precisar quando ocorreu a agressão.

No início do vídeo, o homem que foi agredido aparece em pé, na janela da viatura, conversando com os dois policiais que estão dentro do carro. Em seguida, o PM que desferiu o tapa sai da viatura já dando voz de prisão. Uma terceira pessoa filma. “Você está filmando. Vai para a delegacia também como testemunha”.

Nesse momento, os dois moradores começam a questionar o motivo da prisão. “O que a gente fez?”, pergunta a vítima. Ao encará-lo, o PM bate no rosto do homem. “Fale baixo. Me respeita, seu...”, seguido de um palavrão.

Em nota, a Polícia Militar ressaltou que condena tal procedimento e que orienta seus profissionais ao cumprimento das leis. A corporação afirmou que o caso será apurado.


Outra agressão

No dia 17 de março, um policial militar atirou contra um manifestante que integrava um protesto contra a violência no município de Itambé, na Mata Sul de Pernambuco. Após a queda da vítima, os policiais o arrastam pelo asfalto até a viatura da Polícia Militar e o colocam na parte de trás da caminhonete. O veículo então deixa o local, sob gritos dos manifestantes.

De acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS), a bala era de borracha. O ato motivou a suspensão de aulas em escolas municipais e uma nova caminhada dos moradores da cidade para reivindicar o fim da violência e criticar a ação do policial.

A vítima está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Miguel Arraes, em Paulista, desde então. De acordo com o último boletim divulgado pela unidade de saúde, divulgado na quinta-feira (23), o paciente está acordando da sedação, mas continua em respiração mecânica e realizando sessões de diálise.

As informações são do G1-PE

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira