domingo, 28 de maio de 2017

Chuvas causam desabamentos e desaparecimentos em Caruaru


As chuvas que caem em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, desde a noite de sábado (27) até a manhã deste domingo (28) provocaram diversos transtornos na cidade. A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu aviso meteorológico sobre a continuidade das chuvas, com intensidade moderada a forte, no Agreste, Zona da Mata e Região Metropolitana do Recife.

De acordo com dados da Apac, atualizados às 7h20, nas últimas 24 horas foram registrados 217,59 mm de precipitação no pluviométrico localizado no centro da cidade. Na Rua dos Milagres, foram 173 mm no mesmo período.

Durante as chuvas, duas pessoas desapareceram: uma mulher, após o carro em que ela estava cair em um riacho no bairro Caiucá, e um homem, nas proximidades do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case/Funase).

O aumento do nível do Rio Ipojuca provocou a remoção dos idosos que residem na Casa dos Pobres São Francisco de Assis, no bairro Petrópolis, por precaução. Os quase 100 idosos da Casa foram levados para a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru (Fafica).

Parte do teto do Hospital Santa Efigênia, no bairro Maurício de Nassau, cedeu. A unidade de saúde está em reforma. No mesmo bairro, parte do muro do Clube Intermunicipal também cedeu. Uma pequena parte do teto do Hospital Mestre Vitalino (HMV), na área do refeitório, também foi prejudicada pelas chuvas.

Três casas desmoronaram durante a noite e madrugada; duas no Morro Bom Jesus e uma no Loteamento João Barreto. Não houve vítimas fatais. As chuvas também provocam alagamentos em diversas ruas da cidade. O estacionamento da Fábrica da Moda ficou alagado.
Cancelamentos

Após os transtornos provocados pelas chuvas, a Prefeitura de Caruaru decidiu cancelar a prova de seleção de estágio, que seria realizada nesta manhã. Também foi cancelado o Plano Pluri Anual (PPA), que seria realizado no Sítio Xicuri, na zona rural. Por outro lado, o cadastramento de famílias do bairro São João da Escócia no programa Cartão Reforma está mantido.

A prefeita da cidade, Raquel Lyra (PSDB), promoveu uma reunião com o secretariado, na noite de sábado, para discutir as ações realizadas para minimizar os transtornos provocados pelas chuvas. Ela pediu que a população evitasse espalhar boatos através das redes sociais, o que prejudica o trabalho dos órgãos competentes.

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira