segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Em dia de ataques da oposição, Paulo Câmara nomeia 1,2 mil profissionais


A edição do Diário Oficial do Estado deste sábado (27.01) traz as nomeações pelo governador Paulo Câmara dos novos servidores das Polícias Civil e Científica de Pernambuco.

São mais de 1,2 mil profissionais, entre delegados, agentes, escrivães, peritos, médicos legistas e auxiliares que concluíram os mais de três meses do curso de formação e começarão a atuar nas delegacias e institutos de medicina legal, criminalística e identificação.

Segundo o governo, a chegada desses profissionais possibilitará, ainda em 2018, a descentralização de serviços nas duas operativas da Secretaria de Defesa Social (SDS).

O governador Paulo assinou as nomeações antes de transmitir o governo ao vice-governador Raul Henry.

Ao todo, são 1.214 profissionais nomeados, sendo 822 para a Polícia Civil e 392 para a Polícia Científica.

Na PCPE, são 139 delegados, 597 agentes e 86 escrivães. Já a Científica contará com 36 novos médicos legistas, 64 auxiliares de legista, 123 auxiliares de perito, 44 peritos papiloscopistas e 125 peritos criminais.

“Essas nomeações reforçam o compromisso do nosso Governo com o fortalecimento das polícias, que vem sendo implementado desde o início da gestão. Os novos profissionais vão permitir que todos os municípios de Pernambuco tenham delegados e equipes estruturadas, reforçando a atuação do Programa Pacto Pela Vida”, disse o governador Paulo Câmara, por meio de sua assessoria.

“Com esse efetivo, todas as delegacias de Polícia Civil do Estado terão uma equipe completa para atender a sociedade. Também poderemos expandir a Polícia Científica para Zona da Mata, Agreste e Sertão, levando para mais perto da população do Interior as perícias criminais e médico-legais, além dos serviços de identificação civil e criminal. Esse reforço é mais um compromisso efetivado pelo Governo do Estado, que traz ainda mais condições de enfrentar a criminalidade e fortalecer a segurança para todos os pernambucanos”, ressaltou o titular da SDS, secretário Antonio de Pádua, por meio de sua assessoria.

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira