terça-feira, 24 de abril de 2018

Compesa anuncia concurso público com salário de até R$ 6,7 mil


O Governo de Pernambuco divulgou, por meio do Diário Oficial do Estado desta terça-feira (24), a realização de um novo concurso público. O certame é direcionado à Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e possui cargos de níveis médio, técnico e superior. No total, 63 vagas são oferecidas.

Entre os cargos oferecidos no edital do processo seletivo, há a função de analista de saneamento para engenheiros. Para essa ocupação, o salário previsto é de R$ 6.743,28. Também de nível superior, o cargo de analista de gestão aceita profissionais dos segmentos de administração, enfermeiro do trabalho e analista de tecnologia da informação, com salários de R$ 6.107,67.

Já na área técnica, existem oportunidades em contabilidade, desenho, topografia, mecânica e edificações. Esses profissionais desempenharão o cargo de assistente de saneamento e gestão; os salários previstos são de R$ 2.108,48.

Ainda segundo o Diário Oficial do Estado, os candidatos de nível médio atuarão no cargo de assistente de saneamento. Para esse caso, a remuneração prevista é de R$ 1.442,36. De acordo com edital, para todos os cargos, ainda estão previstos outros benefícios além dos salários, tais como vale refeição, auxílio educação, plano de saúde e previdência privada. Os selecionados poderão atuar em várias unidades da Compesa espalhadas pelo Estado.

O concurso prevê realização de prova escrita para todos os níveis, prevista para o dia 22 de julho. Alguns dos assuntos trabalhados na seleção são língua portuguesa, noções de informática, raciocínio lógico, legislação sobre saneamento, além de conhecimentos específicos conforme a área de atuação.

Os interessados deverão se inscrever das 14h do dia 30 deste mês até 16h de 4 de junho, por meio do site da organização do concurso. As taxas de participação variam de R$ 69 a R$ 89, dependendo do cargo pretendido pelo candidato. Outras informações sobre o certame devem ser obtidas no Diário Oficial do Estado.

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira