quarta-feira, 23 de maio de 2018

Postos de combustíveis da RMR registram falta de gasolina e álcool


A paralisação nacional dos caminhoneiros, que protestam por conta da alta do preço do diesel, tem reflexos diretos na vida do pernambucano. Na manhã desta quarta-feira (23), vários postos de combustíveis do Grande Recife registram falta de álcool e gasolina. A reportagem do JC esteve em postos na PE-15, em Olinda, em Água Fria, Zona Norte do Recife e na Barão de Souza Leão, em Boa Viagem, e encontrou o mesmo cenário: bombas vazias e motorista dando marcha à ré.

Na BR-232, mesmo panorama. Muitos postos sem combustíveis e os poucos que ainda tinham alguma gota nas bombas eram procurados por uma verdadeira multidão. Algumas pessoas saíam carregando galões de gasolina em motos.

O contador Jarbas Martins, de 38 anos, conta que está difícil abastecer nesta quarta-feira (23). "Fazem mais ou menos 15 minutos que estou tentando abastecer o carro e estou parado aqui na fila. Aqui é aumento da gasolina, estresse e pouco dinheiro no bolso, é isso aí que acontece", desabafou.
Localidades sem combustível

Até o momento, foram registrados, em Boa Viagem, na rua Barão de Souza Leão, três postos com falta de combustível e sem previsão para normalizar os serviços.

Além do bairro de Boa Viagem, postos localizados no bairro de Água Fria, Zona Norte do Recife, Candeias e Piedade, ambos em Jaboatão dos Guararapes, também registraram a falta de gasolina e álcool. 

Paralisação dos caminhoneiros

Até as 15h57 desta terça-feira (22), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) contabilizava interrupções em rodovias federais de 22 Estados por causa da paralisação de caminhoneiros. Os caminhoneiros autônomos fazem bloqueios nas estradas desde ontem no Brasil pedindo a retirada dos encargos tributários sobre o diesel.

Os motoristas também criticam o ajuste diário dos preços do combustível que, segundo eles, dificulta o planejamento do frete.

Com Informações do NE10

0 comentários:

Postar um comentário

Serão aceitos apenas comentários com indenficação verdadeira